PUBLICIDADE
Topo

Uma sobra de feijoada virou ação que alimenta 200 pessoas em João Pessoa-PB

Grupo de amigos começou entregando 75 quentinhas, hoje prepara e distribui 200 a casa 15 dias - Arquivo pessoal
Grupo de amigos começou entregando 75 quentinhas, hoje prepara e distribui 200 a casa 15 dias Imagem: Arquivo pessoal

Ed Rodrigues

Colaboração para Ecoa em Recife

03/08/2021 06h00

O que uma servidora pública, um motoboy, um motorista de van escolar, uma manicure, um dono de papelaria e um técnico de telecomunicações têm em comum? Na Paraíba, é a sensibilidade de se movimentar para ajudar pessoas carentes

Durante a pandemia de covid-19, esses seis amigos se juntaram para levar alimentação a moradores de rua em João Pessoa, capital da Paraíba. A ação oferece cerca de 200 quentinhas a cada 15 dias.

A turma teve a ideia em março do ano passado quando sobrou feijoada de um restaurante da cidade, cujo dono era conhecido. Os amigos acordaram que deveriam fazer quentinhas e distribuir entre pessoas em situação de vulnerabilidade social. Arregaçaram as mangas e saíram pelas ruas de João Pessoa levando a comida à população de rua.

Clécio Fernando, Luana Rayssa, Eduardo Pessoa, Alberto Júnior e o casal Raphaela e Jaquison Souza distribuíram 75 quentinhas. No entanto, os amigos sentiram a necessidade de fazer mais porque constataram que nas ruas o número de pessoas famintas era bem maior.

"Decidimos pedir aos amigos e familiares ajuda para tentar fazer uma janta no outro fim de semana e, graças a Deus, todos abraçaram a ideia. Deu tudo tão certo que agora levamos 200 quentinhas a cada 15 dias. São dois domingos no mês", explicou Raphaela Souza.

A pandemia levou o emprego de alguns componentes do grupo, mas isso não impediu a continuidade do trabalho. "É uma luta diária porque muita gente ficou desempregada e não pode mais ajudar, mas sempre vem surgindo novas ideias", ressaltou.

Uma das ideias foi o carnê solidário, que pede o valor de R$ 10 mensal para ajudar a comprar os alimentos. Segundo o marido de Raphaela, Jaquison Souza, já são 45 pessoas participando do carnê solidário. "E ainda tem gente que doa uma vez ou outra, quando pode. Vimos que tem muitas pessoas nas ruas necessitando. Estamos fazendo cuscuz com ovos e salsichas e levamos café, suco e água", disse.

Nos dias de levar as doações, os seis amigos se reúnem e se organizam junto com outros voluntários que sempre aparecem para ajudar. A rede solidária cresce a cada domingo. "É um trabalho que tem muito do amor de cada um. Quem pode ajudar com dinheiro, transfere algum valor. Quem não pode, doa alimentos. Além disso, vários amigos fazem questão de chegar junto nos dias das saídas e nos ajudam demais nessa distribuição", disse.

Eles informam que pessoas que querem doar mantimentos, mas não têm tempo ou meios para entregar ao grupo podem telefonar que eles se organizam para retirar essas doações.

Além das marmitas, o grupo entrega roupas e lençóis. "Como também nos doaram roupas, repassamos tudo isso aos moradores de rua. Tudo que recebemos a gente separa com muito carinho para fazer chegar a quem mais necessita. Tiramos um dia da semana e saímos fazendo essa distribuição, já fazemos aos domingos com as quentinhas", conclui Raphaela.

Para ajudar os amigos, basta entrar em contato pelos números:
(83) 99834-9258 - Raphaela ou (83) 98619-4086 - Jaquison

Também pode doar qualquer quantia para:
Banco Itaú - em nome de Jaquison Souza dos Santos
Agência: 1449
Conta : 437704
Pix : 098.608.294-54

Bradesco - em nome de Raphaela Souza da Silva Nascimento
Agência : 56111
Conta: 0028888 8
Pix : 83 998349258

Nubank - Raphaela Souza da Silva Nascimento
Pix 104.486.654-33