PUBLICIDADE
Topo

Arquitetos se engajam na luta contra fome e buscam arrecadar 2T de alimento

Prato criado por Thereza Dantas para ação social contra a fome  - Divulgação
Prato criado por Thereza Dantas para ação social contra a fome Imagem: Divulgação

Lígia Nogueira

Colaboração para Ecoa, em São Paulo

25/06/2021 06h00

A pandemia tem feito com que profissionais de diversas áreas se mobilizem para ajudar pessoas em situação de insegurança alimentar em todo o Brasil. Em São Paulo, arquitetos e designers se engajaram em uma ação social que pretende arrecadar doações de 2 toneladas de alimentos que serão direcionados às ONGs Gerando Falcões e CUFA.

Cerca de 150 profissionais renomados do segmento de arquitetura e decoração criaram pratos personalizados para a mostra "Criatividade Contra a Fome", que acontece sábado (26), das 10h às 16h, em uma área ao ar livre no Parque Burle Marx, na capital paulista. Os visitantes poderão contribuir adquirindo um prato em troca de 10 Kg de alimentos não perecíveis.

"Meu prato foi feito com muito coração. Seu desenho representa uma pessoa que, com fome, chora e protesta por esta situação que deve ser mudada tanto pela iniciativa pública quanto por todos nós", diz a arquiteta Ieda Korman, uma das personalidades convidadas para participar do projeto.

Para mim, este movimento deve ser não só dos arquitetos, mas também de toda a sociedade, pois fome, frio e dor são inadmissíveis em um país rico como o nosso

Ieda Korman, arquiteta

"Nossa intenção é dar visibilidade ao grave problema da fome no nosso país convidando arquitetos e designers de interiores a se manifestar de forma criativa usando um prato em branco, que simboliza a falta de comida saudável", diz Álvaro Guillermo, idealizador do evento à frente do Club Design (associação de empresas do segmento de arquitetura, design de interiores e artes com foco em economia criativa).

Ieda Korman - Divulgação - Divulgação
Prato assinado pela arquiteta Ieda Korman para ação social contra a fome
Imagem: Divulgação

Após a exposição, as peças ficarão expostas em lojas associadas com o objetivo de ampliar o alcance do projeto e a arrecadação de doações.