PUBLICIDADE
Topo

Plural é um projeto colaborativo do UOL com coletivos independentes, de periferias e favelas para a produção de conteúdo original


Conversa de Portão #34: A fome tem cor e gênero

Do Ecoa, em São Paulo

30/05/2021 06h00

A crise econômica agravada pela pandemia de covid-19 levou insegurança alimentar para mais da metade dos lares brasileiros. Atualmente, é preciso mais da metade de um salário mínimo para comprar uma cesta básica. Em São Paulo, o comprometimento do salário mínimo pode chegar a 62%, pois os alimentos aumentaram três vezes mais do que o valor da inflação oficial.

Neste episódio do Conversa de Portão, Mayara Penina repercute o Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar, que revelou que 55,2% dos lares brasileiros conviveram com algum grau de insegurança alimentar no final de 2020, sendo que 9% deles passaram fome.

"O conceito de insegurança alimentar é amplo e vai além de ter comida no prato, assegurar a alimentação é assegurar acesso a outros direitos", explica a socióloga Erika Galindo, que participou da pesquisa (a partir de 3:26 do arquivo acima).

O programa conta a história de Elismaura Pereira, Raimunda Boaventura, Giselle Vilela e Zilda Souza e a relação dessas mulheres com a insegurança alimentar. Suas histórias ilustram os dados da pesquisa que apontam que a fome atinge de forma desigual determinados grupos sociais.

Em casas com uma única pessoa responsável, se essa pessoa é mulher ou da raça negra, os percentuais de insegurança alimentar são mais altos. "Preciso pensar muito o que vou fazer para comer porque se eu erro hoje, amanhã a minha casa não vai ter o que comer", conta a catadora de recicláveis Elismaura Pereira (a partir de 9:53 do arquivo acima).

A solução para o problema não é única nem fácil. Erika Galindo diz que o Brasil conseguiu, nos anos 2000, sair do assistencialismo para uma agenda mais estruturada de promoção da soberania alimentar. E é preciso retomar essa agenda com um conjunto de políticas que sejam comprometidas a superar as desigualdades que estruturam o país (a partir de 21:13 do arquivo acima).

O Conversa de Portão é um podcast produzido pelo Nós, Mulheres da Periferia em parceria com UOL Plural, um projeto colaborativo do UOL com coletivos e veículos independentes. Novos episódios são publicados toda terça-feira.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Conversa de Portão, por exemplo, no Youtube, no Spotify e no Google Podcasts.