PUBLICIDADE
Topo

Plural é um projeto colaborativo do UOL com coletivos independentes, de periferias e favelas para a produção de conteúdo original


Conversa de Portão #31: O que Margarida nos ensina sobre a reforma agrária?

De Ecoa, em São Paulo

09/05/2021 06h00

Todos nós certamente já vimos imagens da' 'Marcha das Margaridas', movimento de trabalhadoras rurais que toma ruas de Brasília a cada quatro anos. Mas o que quase ninguém sabe é quem é a Margarida que dá nome a essa marcha e qual a importância dela para as questões rurais do Brasil.

Neste episódio de Conversa de Portão, Semayat Oliveira entrevista Mirella Braga, professora do Centro Universitário de João Pessoa e do Instituto Federal da Paraíba, para contar a história de Margarida Maria Alves, que foi a primeira mulher a presidir um sindicato de trabalhadores rurais, em 1973.

Filha de agricultores, Margarida cresceu entre conflitos agrários e iniciou a sua vida sofrendo a expulsão de suas terras pelos latifundiários. A professora Mirella explica como a concentração da terra contra a qual ela lutava é a origem de toda a desigualdade social do Brasil e como essa luta ainda é atual (a partir de 7:30 do arquivo acima).

Atual também é a violência que tirou a vida de Margarida, em 1983, quando foi assassinada com um tiro de espingarda e virou símbolo da luta das mulheres trabalhadoras rurais pela terra e por direitos trabalhistas (a partir de 13:04 do arquivo acima).

A tão conclamada modernização do agronegócio não chegou às relações trabalhistas, como explica Tassiana Barreto, da coordenação estadual do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) em São Paulo. A violência no campo se agravou no último ano, em 2019 houve 1.833 conflitos, com 32 mortes (a partir de 17:08 do arquivo acima).

O Conversa de Portão é um podcast produzido pelo Nós, Mulheres da Periferia em parceria com UOL Plural, um projeto colaborativo do UOL com coletivos e veículos independentes. Novos episódios são publicados toda terça-feira.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição. Você pode ouvir Conversa de Portão, por exemplo, no Youtube, no Spotify e no Google Podcasts.