PUBLICIDADE
Topo

Plural é um projeto colaborativo do UOL com coletivos independentes, de periferias e favelas para a produção de conteúdo original


Papo Preto #30: A conexão entre escolas de samba e terreiros

De Ecoa, em São Paulo

08/05/2021 06h00

Neste novo episódio do Papo Preto, a jornalista e acadêmica paulistana Claudia Alexandre fala sua pesquisa sobre as conexões entre escolas de samba e terreiros de candomblé.

Ela é autora do livro "Orixás no terreiro sagrado do samba: Exu e Ogum no Candomblé da Vai-Vai", que é resultado de sua dissertação de mestrado e foi lançado neste ano.

"O sistema colonial tentou fazer uma separação violenta entre as práticas religiosas e as práticas festivas dos negros a partir de meios de controle, leis do período colonial. Tentou separar capoeira, batuque, macumba, samba, mas não conseguiu", disse (a partir de 33:25 do arquivo acima).

Alexandre estuda as similaridades entre essas manifestações, que trazem em si a festa e o sagrado. Terreiros e escolas de samba foram, segundo ela, "espaços de solidariedade, de sociabilidade, de construção de valores civilizatórios negro-africanos" (a partir de 31:20 do arquivo acima).

Além da pesquisa acadêmica, ela também fez uma bem-sucedida carreira no rádio. "O rádio e o meio do samba me criaram", afirmou (a partir de 15:29 do arquivo acima).

Papo Preto é um podcast produzido pelo Alma Preta, uma agência de jornalismo com temáticas sociais, em parceria com o UOL Plural, um projeto colaborativo entre o UOL, coletivos e veículos independentes. Novos episódios vão ao ar todas as quartas-feiras.

Podcasts são programas de áudio que podem ser ouvidos a qualquer hora e lugar — no computador, smartphone ou em outro aparelho com conexão à internet. Você pode ouvir Papo Preto no canal do UOL no YouTube e nas plataformas de podcast Spotify, Google Podcast, Deezer, Apple Podcast e CastBox.