PUBLICIDADE
Topo

Saudável e acessível: Conheça perfis que descomplicam relação com a comida

Os gêmeos Eduardo e Leonardo, do perfil Vegano Periférico no Instagram - Arquivo pessoal
Os gêmeos Eduardo e Leonardo, do perfil Vegano Periférico no Instagram Imagem: Arquivo pessoal

Cléberson Santos

Colaboração para Ecoa, de São Paulo

01/05/2021 06h00

Comer bem não deveria ser algo complicado. É comum as pessoas acharem que não conseguem se adaptar a uma alimentação mais saudável ou que ser vegetariano é "coisa de rico". Alguns influenciadores vão na contramão deste pensamento e ensinam seus seguidores a melhorar a relação com a comida, além de defender a ideia de comida saudável para todas as pessoas.

É o caso, por exemplo, dos irmãos gêmeos Leonardo e Eduardo Santos, mais conhecidos no Instagram como @veganoperiferico. Em seu perfil, eles mostram como é possível se alimentar sem carne e provocam reflexões sobre o impacto do consumo da proteína animal no meio ambiente. Ou da nutricionista Fernanda Imamura, que bate de frente com as dietas e promove uma "nutrição gentil e humanizada".

Ecoa selecionou alguns desses perfis para você acompanhar e começar a rever essa ideia de que alimentação saudável não é para todo mundo. Siga abaixo!

Favela Orgânica

Do alto do Morro da Babilônia, no Rio de Janeiro, a paraibana Regina Tchelly ensina o "aproveitamento integral do alimento". Por meio de cursos, oficinas, programas de TV e até grafites, ela explica formas de aproveitar partes dos alimentos que normalmente jogamos no lixo, como casca, sementes e talos.

Que tal conhecer esse pé de moleque feito com casca de banana?

João Diamante

Também do Rio de Janeiro, mas no Complexo do Andaraí, saiu João Diamante, que se especializou em gastronomia após trabalhar como ajudante de cozinha na Marinha.

Quando voltou de Paris, onde trabalhou com um renomado chef, João desenvolveu seu próprio projeto social, o Diamantes na Cozinha, onde ensina desde o cultivo até a finalização do prato.

Em seu perfil no Instagram, João compartilha seus trabalhos, viagens e também algumas receitas, como esse bolo de maçã com castanha do Pará.

Luciene Santos

Conhecida no Instagram como @sapavegana, onde soma mais de 114 mil seguidores, a estudante de direito Luciene mostra como é possível ser vegetariano mesmo sendo pobre.

Ela compartilha fotos das suas idas à feira livre e discute temas como o racismo no movimento vegano. Mas o que enche os olhos no seu feed são os seus PFs, pratos baratos e lotados de comida gostosa, como um bom almoço pede, mas sem nenhuma carne.

Vegano Periférico

Outro perfil que propaga o veganismo popular é o Vegano Periférico, criado pelos irmãos gêmeos Leonardo e Eduardo Santos, de Campinas (SP).

Assim como Luciene, eles também usam a rede social para divulgar as demandas do movimento vegano e compartilhar receitas, como essa pizza com queijo de castanha de caju e carne de jaca.

Gabi de Pretas

Conhecida pelo seu trabalho como produtora de conteúdo de beleza negra, Gabi Oliveira está com um IGTV repleto de receitas veganas em seu perfil, seguido por quase 500 mil pessoas.

A youtuber parou de comer carne há cerca de dois anos e nos últimos meses tem compartilhado receitas bem fáceis e básicas, como essa clássica berinjela empanada.

We'e'ena Tikuna

We'e'ena é artista plástica, cantora, estilista e nutricionista. Aos 30 anos e com mais de 104 mil seguidores no Instagram, foi a primeira indígena da tribo Tikuna a se formar em nutrição.

Quer saber se a alimentação indígena é saudável? We'e'na explica neste vídeo que ela produziu para o seu canal no YouTube.

Fernanda Imamura

"Nutrição gentil e humanizada, sem dietas", esse é o propósito da nutricionista Fernanda Imamura, que soma mais de 35 mil seguidores em seu Instagram.

Por lá, Fernanda se posiciona contra dietas restritivas e defende que é possível ter uma alimentação saudável sem abrir mão das delícias que você ama.

Bela Gil

Impossível não falar em alimentação saudável sem citar a Bela Gil, colunista de Ecoa e famosa pelo programa Bela Cozinha, do canal GNT.

Em seu Instagram, com mais de 1,6 milhão de seguidores, e em seu canal no YouTube, Bela expande a proposta do seu programa de trocar os alimentos industrializados pelos ingredientes naturais. Essas almôndegas de casca de banana são bons exemplos disso!

Alecrim Baiano

Perfil da indígena baiana Deborah Santos, que além de chef de cozinha também é designer. O resultado dessa combinação é um feed repleto de lindas fotos de seus pratos.

Deborah prioriza a cozinha consciente e uma culinária anticolonial, sempre exaltando suas origens culturais nas receitas. Como dizer não a esse lindo e tradicional cuscuz?

Ecoa Ciclo Alimentação - banner - Arte/UOL - Arte/UOL
Imagem: Arte/UOL