PUBLICIDADE
Topo

Bruno Gagliasso ajuda em resgate de loba-guará que estava presa em árvore

Loba-guará resgatada e apadrinhada por Bruno Gagliasso passa por tratamento - Divulgação
Loba-guará resgatada e apadrinhada por Bruno Gagliasso passa por tratamento Imagem: Divulgação

Lígia Nogueira

Colaboração para Ecoa, em São Paulo

14/04/2021 04h00

O ator Bruno Gagliasso apadrinhou uma loba-guará machucada que foi resgatada no interior do Rio de Janeiro.

O animal havia quebrado a pata e estava preso a uma jabuticabeira em uma propriedade rural no município de Aperibé, no noroeste do estado. Jabuticaba, como foi apelidada, está recebendo os devidos cuidados no Núcleo de Estudos e Pesquisas em Animais Selvagens da Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF).

Gagliasso conversou com a subsecretária Municipal do Ambiente de Aperibé, Betiza Moraes, por meio do secretário Iunes Habib, e confirmou seu desejo de apadrinhar a loba. "Consegui pagar os custos de todo o processo da operação e da alimentação para que a lobinha seja solta e reintegrada ao seu habitat natural", conta o ator em depoimento a Ecoa.

Ele está engajado em ações de reabilitação de animais silvestres na região de Paraíba do Sul, interior do estado do Rio, onde se localiza o seu Rancho da Montanha, espaço em que o ator está plantando 100 mil árvores e que foi reconhecido como área de soltura de animais silvestres pelo Ibama.

"É um trabalho que já venho desenvolvendo há algum tempo em parceria com várias ONGs, como o Instituto Vida Livre. Acabamos de resgatar 150 pássaros. Esses animais muitas vezes são vítimas do tráfico e precisam aprender a voar e a se alimentar sozinhos antes de serem reabilitados."

Loba-guará - Divulgação - Divulgação
Loba-guará apadrinhada pelo ator Bruno Gagliasso no Rio
Imagem: Divulgação

Após passar por todo o tratamento necessário e se recuperar totalmente, a loba Jabuticaba terá seu local de soltura indicado pelos órgãos ambientais.

Alvo constante de produtores rurais, que os consideram uma ameaça ao agronegócio, o lobo-guará é classificado como uma espécie vulnerável, em uma lista de animais ameaçados de extinção.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do publicado inicialmente neste texto e em título destacado na Home Page do UOL, a loba-guará havia se prendido ao tronco de uma árvore. A assessoria do ator havia informado que o animal sofria maus tratos. A informação foi corrigida.