PUBLICIDADE
Topo

Empresa finlandesa cria fonte para combater bullying virtual entre jovens

Fonte Polite Type é alternativa finlandesa contra o bullying e a discriminação - Divulgação
Fonte Polite Type é alternativa finlandesa contra o bullying e a discriminação Imagem: Divulgação

Lígia Nogueira

Colaboração para Ecoa, em São Paulo

15/01/2021 09h19

A empresa de tecnologia finlandesa TietoEVRY criou uma fonte gratuita que substitui palavras ofensivas para estimular a inclusão e combater o bullying na internet. A ideia é tornar o ambiente virtual menos tóxico e mostrar para os jovens que é possível se comunicar de maneira não discriminativa.

Por enquanto, o Polite Type só funciona em inglês, mas os criadores pretendem expandir o projeto para outros idiomas. A ferramenta funciona a partir de uma biblioteca, que consiste atualmente em mais de 1.800 palavras e termos, construída em conjunto com jovens e especialistas e já está sendo colocado em prática em escolas da Finlândia, Suécia e Noruega.

"O objetivo é fazer com que os jovens pensem sobre o uso da linguagem e levantem discussões sobre discurso de ódio e bullying", diz Kia Haring, vice-presidente e chefe de comunicações e sustentabilidade da TietoEVRY. Leia entrevista com ela a seguir.

Como o Polite Type funciona na prática?

O Polite Type é uma fonte que pode ser baixada para qualquer computador e funciona como qualquer outra fonte em ambientes baseados em navegador e aplicativo. Tecnicamente, ele foi criado como um arquivo de fonte OpenType (OTF) e reconhece uma biblioteca de palavras discriminativas e /ou ofensivas do inglês. A biblioteca consiste atualmente em mais de 1.800 palavras e termos.

A fonte faz com que as pessoas pensem sobre o uso da linguagem na hora de escrever —na prática, ela substitui palavras insultuosas e expressões preconceituosas por neutras ou as desfoca. Ele pode ser instalado em qualquer computador e você pode usá-lo em softwares de edição de texto, como Word ou Outlook. Como qualquer outra fonte, uma vez instalado, o arquivo de fonte não requer uma conexão online para funcionar.

Qual foi a motivação da empresa ao decidir atuar no combate ao bullying virtual?

Como uma empresa de tecnologia, é importante para nós da TietoEVRY contribuir para tornar o ambiente digital um lugar melhor para todos —especialmente para os jovens. Queremos promover o uso responsável da tecnologia em todos os seus aspectos e acreditamos que o uso responsável da tecnologia tem um grande potencial para melhorar o bem-estar da sociedade e dos cidadãos. Igualdade e inclusão são o núcleo de nossos valores e o Polite Type apoia nossa visão de criar um ambiente seguro e igual com soluções digitais.

Sozinhos não podemos resolver esse problema, mas podemos aumentar a conscientização —e talvez possamos inspirar ideias e outras inovações. Também desejamos desafiar outras pessoas a participarem do desenvolvimento da fonte ou inventar novas maneiras pelas quais a tecnologia possa apoiar um comportamento online responsável.

O vocabulário inicial foi criado em conjunto com adolescentes em idade escolar e jovens de diversas origens na Finlândia, junto com a Fundação Infantil e Juvenil, certo? Como vocês encontraram esses adolescentes e como eles foram selecionados?

Sim. A Fundação Infantil e Juvenil é nossa parceira de colaboração de longa data nos programas juvenis. Os estudantes foram selecionados pela Fundação para Crianças e Jovens dentro de sua ampla rede de parceiros, incluindo escolas secundárias na Finlândia. Além disso, uma equipe diversificada com ampla experiência em trabalho antirracismo, pesquisa de gênero e consultoria de Diversidade e Inclusão participou do trabalho.

Você acha que os jovens em geral vão gostar de pensar sobre inclusão ou vão tentar burlar a ferramenta de alguma forma?

Os impactos duradouros que o bullying pode ter na autoestima de um jovem são significativos. Então, sim, definitivamente todos que já sofreram ou foram vítimas de bullying entendem o significado de inclusão. A fonte está disponível para que todos possam testar, baixar e usar de acordo com sua escolha. Também está disponível gratuitamente para pais e escolas/ professores quando estão discutindo o assunto com os jovens. O objetivo da fonte é fazer com que os jovens pensem sobre o uso da linguagem e levantem discussões sobre discurso de ódio e bullying.

Os workshops organizados com a Fundação para Crianças e Jovens revelaram que o discurso de ódio é muito comum na vida deles —dos participantes, 65% sofreram cyberbullying. Ao mesmo tempo, com base na nossa experiência, os jovens estão muito motivados a participar na busca de formas de enfrentar este problema.

O Polite Type foi introduzido como um recurso para professores e alunos nas escolas das HEI Schools (um modelo internacional de licenciamento de pré-escola da Finlândia). Como tem sido a experiência até agora?

Iniciamos a colaboração com as HEI Schools e com escolas selecionadas na Finlândia, Suécia e Noruega. Os programas atingirão sua velocidade máxima durante esta primavera —o feedback inicial foi positivo, mas teremos resultados mais concretos para compartilhar daqui a alguns meses.