PUBLICIDADE
Topo

'Não pense que você não tem nada para doar', diz liderança do RJ

De Ecoa, em São Paulo

24/04/2020 14h25

Isabela Souza, liderança comunitária e diretora do Observatório das Favelas destacou hoje, durante sua participação no UOL Debate, que as favelas brasileiras precisam de ajuda e doações para combater o coronavírus.

"Tem muita coisa para doar. Não pense que você não tem nada. Todo mundo pode doar. Quem não tem grana pode doar tempo ou articulação", garantiu.

Gilson Rodrigues, coordenador nacional do G10 das Favelas, explicou que existem ainda outras formas de ajuda. "Cobre do seu prefeito, governador as políticas públicas para favelas. A gente vai precisar de um apoio de todos", resumiu.

Já Christiane Teixeira, liderança em Coroadinho, São Luís (MA), professora da rede comunitária de ensino e idealizadora do Comitê Coroadinho sem Corona, destacou que celular, álcool em gel e informação são as grandes necessidades de regiões pobres nos tempos de coronavírus.

Para ajudar, Ecoa fez uma lista que explica passo a passo como fazer doações para entidades que estão trabalhando no combate ao coronavírus.

Saúde