PUBLICIDADE
Topo

Mari Rodrigues

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

A importância do autocuidado

iStock
Imagem: iStock

Mari Rodrigues

09/10/2021 06h00

Escrevo este texto após um dia intenso de faxina na casa. Como é bom estar num ambiente arrumado e limpo! Mas isso mostra como a nossa necessidade de autocuidado vai sendo sugada dia após dia.

Seja pela correria a que nos sujeitamos todo dia, seja pela nossa saúde mental ainda debilitada por tantos fatores que só quem mora no Brasil entende, às vezes estes momentos de autocuidado, em que a gente se conecta com o nosso interior, são negligenciados. Mas depois que eles acontecem, parece que ficamos mais leves e com mais disposição. Até dá vontade de escrever mais e melhor. Mas estou um pouco sem assunto hoje. Tentemos.

Autocuidado tem a ver com como nos tratamos, e com quanta disposição temos para tirar os espinhos da vida que nos ferem continuamente. É um exercício bastante saudável, mesmo que custe um pouco da produtividade; não há nada de errado em diminuir o ritmo de vez em quando, se isso nos deixar mais em paz.

Quantas vezes deixamos de nos cuidar porque estamos com prazos apertados, ou estudos atrasados? E quantas vezes depois de ter um momento conosco, mesmo que curto, sentimos que saiu um fardo pesadíssimo de nós?

Já falei algumas vezes que cuidar do outro é algo que nos torna mais em paz. Mas cuidar de si traz a quantidade de paz necessário para que possamos cuidar do outro com mais disposição.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL