Topo

Receitas


Restaurante japonês com jantar de R$ 1,6 mil é excluído do "Guia Michelin"

Ex-presidente Barack Obama e o Primeiro Ministro japonês Shinzo Abe conversam com o mestre de sushi Jiro Ono - The White House
Ex-presidente Barack Obama e o Primeiro Ministro japonês Shinzo Abe conversam com o mestre de sushi Jiro Ono Imagem: The White House

Ami Miyazaki

27/11/2019 12h11

O pequeno restaurante que recebeu o então presidente norte-americano Barack Obama e rendeu o documentário "Jiro Dreams of Sushi" não foi incluído no "Guia Michelin" de Tóquio deste ano. Isso porque ele não aceita mais reservas do público em geral.

O Sukiyabashi Jiro Honten, restaurante com um balcão para 10 pessoas administrado por Jiro Ono, de 94 anos, considerado por muitos como um dos maiores chefs de sushi do mundo, vinha mantendo uma avaliação de três estrelas desde que a "Michelin" publicou seu primeiro guia para jantares em Tóquio, em 2007.

Assim como outro restaurante três estrelas pequeno, o Sushi Saito, o estabelecimento de Ono foi excluído do guia de 2020 porque não abre mais reservas para o público em geral, disse o "Guia Michelin" em comunicado.

O restaurante serve um menu degustação com 20 pratos - Reprodução/sushi-jiro
O restaurante serve um menu degustação com 20 pratos
Imagem: Reprodução/sushi-jiro

O Sukiyabashi Jiro Honten parece ter sido vítima de seu próprio renome, particularmente entre turistas. No documentário de 2011 sobre Ono e seu negócio, o chef descreve como massageia polvos para amaciá-los antes do cozimento.

Jiro Ono, de 94 anos, é considerado um dos maiores chefs de sushi do mundo - Reprodução/sushi-jiro
Jiro Ono, de 94 anos, é considerado um dos maiores chefs de sushi do mundo
Imagem: Reprodução/sushi-jiro

O restaurante, localizado no bairro de classe alta de Ginza, foi aberto em 1965 por Ono, que ainda trabalha como chef ao lado do filho.

O menu de degustação de 20 pratos "omakase" começa em US$ 368 (aproximadamente R$ 1,6 mil, valores convertidos em 27/11/2019), mais impostos, e não inclui bebidas.

"É uma tristeza. É um dos restaurantes mais conhecidos de Ginza e pessoas de todo o mundo o visitam", disse Yuko Ikeda, de 59 anos, que almoçava com a mãe em outro ponto de Ginza.

No total, 11 restaurantes de Tóquio receberam a avaliação máxima de três estrelas, disse a "Michelin".

Receitas