PUBLICIDADE
Topo

Coisa de Meninos Nada


Como ajustar banco e retrovisores para amenizar pontos cegos em seu carro

Thais Roland

Colaboração para o UOL

21/01/2020 04h00

Sabe aquela buzinada que você leva quando dá uma fechada em um motoqueiro ou em outro carro que você jura que não viu? Acontece por causa dos pontos cegos - e esse problema pode ser amenizado se você ajustar os retrovisores e os bancos do seu carro direitinho, além de deixar a condução mais segura e confortável para você.

Pontos cegos são trechos do entorno do seu carro que você não consegue ver porque não são alcançados pelos retrovisores. Em alguns automóveis temos pontos cegos bem grandes, em outros, menores, mas eles sempre existem, mesmo nos veículos que usam câmeras.

Ajustar os retrovisores parece óbvio para contornar os pontos cegos, mas tem muita gente que não usa os espelhinhos da maneira correta ou que não sabe como ajustá-los da melhor forma.

Além do mais, não é só sair empurrando ou puxando os espelhinhos, o processo todo começa pelo banco. É muito importante que o motorista esteja bem posicionado, conseguindo alcançar os pulsos no alto do volante enquanto mantém as costas encostadas no banco. O ajuste de altura do banco também é vital.

Só depois disso é que vamos acertar as posições dos espelhos: central, esquerdo e o direito. O retrovisor central deve mostrar toda a janela traseira do carro (a vigia). Já os laterais devem mostrar a linha do horizonte bem no meio e uma parte minúscula do seu carro, apenas como referência.

Carros que contam com câmeras no lugar dos retrovisores melhoram o efeito dos pontos cegos, mas ainda assim são deficientes - então o cuidado ao dirigir precisa continuar o mesmo. Dirigir é coisa séria e exige 100% da atenção do motorista.

Lembre-se de tudo isso na próxima vez que você levar uma fechada no trânsito também... quem sabe não foi de propósito. Exercitar a empatia faz o trânsito ficar um pouquinho mais suportável. Espero que a dica seja útil e que melhore o conforto e a segurança da condução de vocês.