UOL Carros

02/07/2009 - 13h46

Venda de automóveis novos sobe 22% em junho e bate recorde histórico

Da Redação
Atualizado às 18h31

MERCADO ACELERADO

  • Murilo Góes/UOL

    O hatch VW Gol (acima) segue sendo líder de vendas do mercado de automóveis do país, aquecido pela redução do IPI e que deve receber este ano novidades como a picape compacta da Volks e o hatch compacto Chevrolet Agile (abaixo).

  • Argentina AutoBlog
A venda de automóveis novos no Brasil atingiu nível recorde no mês de junho, influenciada principalmente pelo benefício da redução do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para carros de até 2.000 cc (com isenção para modelos com motor 1.0). Considerando o principal segmento do setor automotivo do país, o de carros de passeio e de comerciais leves, foram vendidas e emplacadas 289.792 unidades.

O resultado é 22,08% maior que o obtido em maio e 19,32% superior ao registrado há um ano, em junho de 2008. Em números absolutos, a marca obtida no último mês supera as 288,1 mil unidades comercializadas em julho de 2008, considerado até então o melhor mês de vendas na história automotiva brasileira.

Os dados são da Fenabrave, entidade que representa os distribuidores de automóveis no país e podem ser justificados pela ânsia do consumidor em aproveitar o que se acreditava ser o último mês de IPI reduzido para a compra de autos. O governo federal, no entanto, acabou estendendo o corte até o mês de setembro, a partir de quando passará a elevar as alíquotas gradualmente até encerrar de vez o benefício, em janeiro de 2010 (veja a tabela abaixo).

A Fanebrave também divulgou os dados semestrais, apontando o licenciamento de 1.393.624 unidades no período de janeiro a junho deste ano.

COMO FICA O IPI PARA CARROS

MOTORIZAÇÃOATÉ SET/09OUT/09NOV/09DEZ/09JAN/10
1.001,5%3%5%7%
1.0 a 2.0 a gasolina6,5%8%9,5%11%13%
1.0 a 2.0 flex5,5%6,5%7,5%9%11%

OS MAIS VENDIDOS
A lista de automóveis mais vendidos aponta, como já é tradicional, a liderança do hatch Volkswagen Gol, com 29.312 unidades emplacadas no último mês e um total de 142.488 entre janeiro e junho. A vice-liderança fica com o rival Fiat Palio, que mudou de frente este ano, com 20.770 unidades no mês e 96.839 no semestre.

A relação dos quinze modelos mais vendidos em junho (com indicação do total semestral entre parênteses), com automóveis de passeio e comerciais leves, é formada basicamente por carros compactos, na maioria dos casos beneficiados pela isenção total do IPI. O sedã médio Honda Civic, que costumava ficar entre os sete primeiros em momentos áureos, é apenas o 13º colocado.

1º) Volkswagen Gol - 29.312 (142.488 no ano)
2º) Fiat Palio - 20.770 (96.839)
3º) Fiat Mille - 16.284 (82.230)
4º) Chevrolet Corsa sedã/Classic - 15.601 (65.670)
5º) Volkswagen Fox/CrossFox - 13.757 (66.636)
6º) Chevrolet Celta - 12.915 (61.492)
7º) Fiat Siena - 10.580 (47.420)
8º) Volkswagen Voyage - 8.832 (39.003)
9º) Ford Fiesta hatch - 8.483 (37.975)
10º) Fiat Strada - 8.087 (41.636)
11º) Ford Ka - 7.706 (38.621)
12º) Chevrolet Prisma - 7.144 (27.792)
13º) Honda Civic - 6.293 (28.372)
14º) Renault Sandero - 5.263 (20.690)
15º) Honda Fit - 5.169 (25.155)

NO SETOR, AUMENTO MENOR
Considerando os números de toda a indústria de veículos -- o que inclui também a venda de motos, caminhões, ônibus e implementos rodoviários -- a alta no mês foi menor: 13,75% em relação a maio e 0,52% tendo como base o mês de junho de 2008.

O total de unidades comercializadas no mês chegou a 441.917, com um total semestral de 2.257.290.

Sem o total de maquinários, foram comercializados 300.174 veículos, alta de 21,54% no mês e de 17,23% no ano.

A explicação para os números menores vem da crise no setor de duas rodas -- apesar da redução da Cofins, as motos registraram queda nas vendas em junho, de 0,28% em relação a maio e de 23,20% em relação ao ano anterior -- e do menor volume de saída dos demais setores, sem o atrativo de benefícios fiscais.

  • Veja o relatório completo da Fenabrave para o mês de junho e o 1º semestre de 2009

    MONTADORAS
    Considerando apenas a venda de automóveis de passeio, a liderança no mês de junho ficou com a Volkswagen, com participação de 25,39%. Em segundo lugar, aparece a Fiat, com 24,65%. A Chevrolet (marca da GM no país), com 20,66%, a Ford, com 9,82%, e Honda, com 4,77%, completam as cinco fabricantes com maior índice de vendas no último mês.

    Na marca semestral, a liderança em venda de carros também ficou com a Volks (26,06%), seguida por Fiat (25,05%), Chevrolet (19,79%) e Ford (10,08%).

    No segmento de comerciais leves, a Fiat domina os balanços e salta à frente das rivais com participação de 22,99%. A Chevrolet aparece com 18,02%, seguida por Ford, com 12,4%, e Volkswagen, com 10,64%.

    No semestre, a Fiat liderou com 22,22% da participação nas vendas totais. Chevrolet foi a segunda (17,53%), Ford, a terceira (13,85%), enquanto a Volks ficou apenas em quarto (11,03%).

    Com o balanço positivo, as montadoras revisaram suas perspectivas para o ano e já falam até mesmo em contratações. A Volkswagen anunciou, em entrevista publicada no jornal "O Estado de S.Paulo", que deverá contratar mais 190 trabalhadores para a área de produção em julho, com possibilidade de aumentar o número de chamados em 600 ou 700 trabalhadores até o fim de 2009. A contratação de outros 250 operários provisórios já havia sido confirmada. A montadora tem ao menos dois lançamentos apontados para o período, entre eles o da picape compacta Arena (ou nova Saveiro), derivada do novo Gol, que a colocaria com mais força na briga pelo segmento de comerciais leves.

    A GM, que anunciou ter estabelecido sua melhor marca de vendas e também planeja o lançamento de uma nova família de veículos -- com um compacto confirmado (o Agile) --, também negocia jornadas extras com seus empregados.
  • Compartilhe:

      Fale com UOL Carros

      SALOES

      Atualizado às 18h31 %>