UOL Carros

15/05/2009 - 13h25

Fiat quer discutir futuro da empresa com governo italiano

Em Roma
O executivo-chefe da Fiat, Sergio Marchionne, enviou nesta sexta-feira (15) uma carta ao governo italiano na qual afirma que deseja discutir com o Executivo e com os sindicatos o futuro das unidades do grupo na Itália.

O Ministério de Desenvolvimento Econômico publicou em comunicado o conteúdo da carta, na qual Marchionne concorda com o pedido do Governo de convocar uma reunião.

O Executivo desejava discutir com a montadora italiana o efeito que poderiam ter as negociações que mantém com outros fabricantes de automóveis.

Os sindicatos temem que o acordo que a Fiat negocia para a absorção da Opel, a filial alemã do grupo americano General Motors (GM), poderia trazer prejuízos para os trabalhadores das unidades que o grupo tem na Itália.

A Fiat está negociando também um acordo empresarial com a americana Chrysler, que, assim como a GM, enfrenta problemas por causa da crise econômica mundial.

Compartilhe:

    Fale com UOL Carros

    SALOES