Topo

Toyota Corolla 2020

Preços, versões e tudo o que você precisa saber sobre o campeão de vendas

Do UOL, em São Paulo

20/10/2019 04h00

Mesmo sendo o sedã mais vendido do Brasil, a Toyota resolveu mudar radicalmente o Corolla em sua versão 2020. O veículo foi completamente repaginado, com nova plataforma e novo design.

O antigo visual, tido por muitos como sem graça e conservador demais, saiu de cena e deu lugar a uma nova fisionomia mais moderna, atualizada e bonita. Ou seja, a Toyota trabalhou para agradar ao público cativo do Corolla, que coloca o carro como o mais vendido de sua categoria no Brasil, mas também manteve seu foco naqueles que não o escolhiam por ser um "carro de tiozão".

Se isso vai dar certo ou não, o tempo irá dizer. Mas o fato de a nova plataforma (TNGA, a mesma do Prius e da RAV4) ter diminuído o centro de gravidade do modelo conta como ponto positivo no quesito da dirigibilidade, por vezes criticada. Outra grande adição é a versão híbrida flex - a primeira do mundo.

Para efeito de comparação, o Honda Civic pouco mudou em sua versão 2020. Ou seja, as alterações no Corolla podem leva-lo ainda mais adiante em seu mercado.

Avaliação: Corolla 2020 apresenta melhor versão da história

Primeiro híbrido a ser feito no Brasil e primeiro híbrido flex do mundo (essa motorização está restrita à versão Altis, topo de linha), o Corolla 2020 dá a impressão que ainda seguirá ganhando de goleada da concorrência no mercado de sedãs médios.

Até quem não gosta do Corolla tem que admitir que o sedã ficou bem mais atraente. O design ganhou esportividade com traços inspirados no novo Camry, especialmente na dianteira. Faróis afilados e puxados, grade com uma elegante barra cromada e uma vistosa tomada de ar na parte inferior do para-choque aproximam os sedãs.

Atrás, as semelhanças são com os Lexus: o para-choque ganhou volume e as lanternas ficaram mais finas, sendo devidamente adornadas pelo friso cromado presente também no novo RAV4 - e que virou marca registrada de design dos novos Toyota.

O interior ficou bem mais minimalista do que antes - e há quem tenha torcido o nariz para o visual mais limpo. Todas as atenções ficaram para a tela tátil de oito polegadas da central multimídia (que muitos acham que parece uma TV de tubo pelo acabamento atrás), fixada no topo do console central como se estivesse "flutuando" na cabine.

É importante ressaltar também que o sistema de entretenimento evoluiu muito em relação à geração anterior, reagindo de maneira rápida aos comandos. Ah, é verdade! Há um pequeno e importante detalhe para alguns: não há mais reloginho digital.

Leia a avaliação completa

Dimensões: comprimento, 4,63 m; largura, 1,78 m; altura, 1,45 m; entre-eixos, 2,70 m

Porta-malas: 470 litros

Tanque: 50 litros

GLi:

Preço: R$ 110.190

Motor: 2.0, 16V, 4 cilindros em linha, injeção direta de combustível, flex

Câmbio: CVT

Potência: 177 cv / 169 cv a 6.600 rpm

Torque: 21,4 kgfm a 4.400 rpm

Consumo (urb./rod.): 8 km/l / 9,7 km/l (etanol) - 11,6 km/l /13,9 km/l (gas.)

Itens de série: 7 airbags, controles de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampas, acendimento automático dos faróis, central multimídia Toyota Play com tela tátil de 8 polegadas e suporte a Android Auto e Apple CarPlay, volante multifuncional, direção elétrica, ar-condicionado, computador de bordo com tela de TFT de 4,2 polegadas, rodas de liga leve de 16 polegadas, vidros elétricos, alarme antifurto, travas elétricas, ganchos para fixação de cadeirinhas Isofix e volante com regulagem de altura.

XEi:

Preço: R$ 121.690

Motor: 2.0, 16V, 4 cilindros em linha, injeção direta de combustível, flex

Câmbio: CVT

Potência: 177 cv / 169 cv a 6.600 rpm

Torque: 21,4 kgfm a 4.400 rpm

Consumo (urb./rod.): 8 km/l / 9,7 km/l (etanol) - 11,6 km/l /13,9 km/l (gas.)

Itens de série: todos os itens da versão GLi mais rodas de liga leve, ar-condicionado digital, revestimento em couro preto, apliques internos em preto brilhante, destravamento das portas sem chave, partida do motor por botão e espelho retrovisor interno fotocrômico.

Altis Hybrid:

Preço: R$ 140.690

Motores: 1.8, 16V, 4 cilindros em linha, injeção direta de combustível, flex (combustão) / elétrico

Câmbio: CVT

Potência: 101 cv / 98 cv a 5.200 rpm (combustão) / 72 cv (elétrico)

Torque: 14,5 kgfm a 3.600 rpm (combustão) / 16,6 kgfm (elétrico)

Consumo (urb./rod.): 10,9 km/l / 9,9 km/l (etanol) - 16,3 km/l /14,5 km/l (gas.)

Itens de série: todos os itens da versão XEi mais alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência, alerta de mudança de faixa, piloto automático adaptativo, farol alto automático, rodas de liga leve de 17 polegadas.

Altis Premium:

Preço: R$ 140.690

Motor: 2.0, 16V, 4 cilindros em linha, injeção direta de combustível, flex

Câmbio: CVT

Potência: 177 cv / 169 cv a 6.600 rpm

Torque: 21,4 kgfm a 4.400 rpm

Consumo (urb./rod.): 8 km/l / 9,7 km/l (etanol) - 11,6 km/l /13,9 km/l (gas.)

Itens de série: todos os itens da versão XEi mais alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência, alerta de mudança de faixa, piloto automático adaptativo, farol alto automático, espelhos retrovisores com rebatimento elétrico, rodas de liga leve de 17 polegadas com acabamento diamantado, teto solar elétrico, revestimento interno em couro nas cores bege e marrom e ar-condicionado digital com duas zonas de temperatura, banco do motorista com regulagens elétricas.

Altis Hybrid Premium:

Preço: R$ 148.390

Motores: 1.8, 16V, 4 cilindros em linha, injeção direta de combustível, flex (combustão) / elétrico

Câmbio: CVT

Potência: 101 cv / 98 cv a 5.200 rpm (combustão) / 72 cv (elétrico)

Torque: 14,5 kgfm a 3.600 rpm (combustão) / 16,6 kgfm (elétrico)

Consumo (urb./rod.): 10,9 km/l / 9,9 km/l (etanol) - 16,3 km/l /14,5 km/l (gas.)

Itens de série: mesma lista de equipamentos da versão Altis Premium.

Valores da revisão:

Versões com motor 2.0 flex:

10 mil km: R$ 370,33

20 mil km: R$ 690,00 (até 2020) / R$ 780,00 (2021)

30 mil km: R$ 546,00

40 mil km: R$ 1.044,00 (até 2020) / R$ 1.134,00 (2021)

50 mil km: R$ 543,00

60 mil km: R$ 981,00 (até 2020) / R$ 1.071,00 (2021)

Versões com motor 1.8 híbrido flex:

10 mil km: R$ 372,06

20 mil km: R$ 738,00 (até 2020) / R$ 828,00 (2021)

30 mil km: R$ 657,00

40 mil km: R$ 1.023,00 (até 2020) / R$ 1.113,00 (2021)

50 mil km: R$ 645,00

60 mil km: R$ 948,00 (até 2020) / R$ 1.038,00 (2021)

Garantia:

5 anos

Concorrentes

Honda Civic

Motores: 2.0 16V flex (150 cv / 155 cv) e 1.5 turbo a gasolina (173 cv)

Versões: LX, Sport, EX, EXL e Touring

Preços: de R$ 103.200 (LX) a R$ 142.200 (Touring)

Pontos positivos: desempenho do motor turbo e design

Pontos negativos: lista de itens de série

Chevrolet Cruze

Motores: 1.4 turbo flex (153 cv / 150 cv)

Versões: LT e Premier

Preços: de R$ 105.290 (LT) a R$ 128.790 (Premier)

Pontos positivos: desempenho e conectividade

Pontos negativos: preço