PUBLICIDADE
Topo

Renault planeja cortar 2.000 empregos enquanto investe em carros elétricos

Logo Renault - REUTERS/Stephane Mahe
Logo Renault Imagem: REUTERS/Stephane Mahe

17/09/2021 18h51

A montadora francesa Renault revelou na última quinta-feira (16) que irá cortar até 2.000 empregos de engenharia e suporte na França, à medida que a empresa muda seu foco para carros elétricos e contrata profissionais para diferentes cargos.

O deficitário grupo, que já anunciou cerca de 4.600 cortes de empregos no país como parte de uma ampla reestruturação, disse em um comunicado que estava abrindo negociações com sindicatos sobre os últimos planos.

Ao todo, vão se criar 500 novos empregos depois de 2.500 contratações para outras funções. A Renault ainda disse que pretende construir nove novos modelos de automóveis na França.

Assim como suas rivais, a Renault está tentando aumentar sua oferta de carros elétricos e disse que as novas contratações serão em áreas como ciências de dados ou especialistas em química, já que pretende aumentar sua expertise em baterias, por exemplo.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.