China vai vender 30% de todos os carros do mundo em 2030, prevê consultoria

De acordo com a empresa de consultoria AlixPartners, o mercado automotivo chinês terá controle de 30% das vendas de carros no mundo em 2030. As principais entradas da indústria deverão ser através de Europa, Rússia e sul e sudeste asiático.

Crescimento das montadoras chinesas

Segundo a pesquisa, a participação da China na Europa e na Rússia deve duplicar, no sul e sudeste asiático triplicar e no Oriente Médio e África quadruplicar. Já na América do Norte, as chinesas deverão obter 20% do mercado no México.

Enquanto os EUA se protegem da investida chinesa com impostos, o México tem fábricas de carros e baterias para BYD, Chery e GWM. Com isso, as montadoras seguem tentando mirar no mercado americano.

BYD e GWM terão fábricas no Brasil e na Europa, com Chery, Geely, LeapMotor e SAIC MG também planejando entrar no Velho Continente.

Com subsídios do governo, as marcas chinesas possuem grande competitividade no mercado mundial, conseguindo obter preços mais baixos que veículos elétricos ocidentais.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Deixe seu comentário

Só para assinantes