Topo

Ferrari 0 km mais cara tem só 2 exemplares no Brasil e IPVA de R$ 336 mil

Híbrida, Ferrari SF90 Spider tem 1.000 cv, capota retrátil e preço superior a R$ 8 milhões, que inclui sete anos de garantia e a revisões durante esse período Imagem: Divulgação

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/05/2022 04h00

Enquanto montadoras de grande volume disputam entre si para saber qual vende mais veículos, outras ignoram o ranking de emplacamentos e se orgulham de ter poucos e endinheirados clientes. A Ferrari é uma dessas marcas: vendeu apenas 11.155 veículos no mundo em 2021 e bateu recorde de faturamento.

De acordo com a consultoria Jato Brasil, o carro zero-quilômetro mais caro da marca no Brasil teve até agora dois exemplares comercializados no País em 2022 - completando a cota de importações oficiais do modelo prevista para este ano. Também pudera: cada exemplar custa nada menos do que R$ 8,4 milhões, segundo a Tabela Fipe.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

Velocidade máxima da SF90 Spider é de 340 km/h, limitada a 135 km/h no modo de condução 100% elétrico Imagem: Divulgação

Com esse preço, suficiente para comprar um apartamento de alto padrão, o esportivo recolhe R$ 336,3 mil de IPVA se for registrado em São Paulo, onde a alíquota para carros de passeio é de 4%.

Estamos falando da SF90 Spider, lançada em fevereiro pela Via Italia, representante oficial da marca italiana no mercado brasileiro. Trata-se da versão conversível do cupê SF90 Stradale, que é a primeira Ferrari híbrida do tipo plug-in na história.

Como é a Ferrari SF90 Spider

Modelo italiano traz aerodinâmica ativa para se manter estável em diferentes situações de pilotagem Imagem: Divulgação

Com a SF90 Spider, os números superlativos não ficam restritos ao preço.

Equipada com motor 4.0 V8 biturbo de 780 cv, ela traz outros três propulsores elétricos, totalizando 1.000 cv de potência e impressionantes 91,7 kgfm de torque.

Um dos motores movidos a baterias fica no eixo traseiro, posicionado entre o V8 e a transmissão de oito marchas e dupla embreagem, enquanto os demais estão conectados às rodas dianteiras - a tração, portanto, é integral.

Cabine de 2 lugares traz acabamento luxuoso e painel de instrumentos em tela curva de 16 polegadas Imagem: Divulgação

Segundo a fabricante de Maranello, esse conjunto faz com que a SF90 Spider e seus 1.670 kg saiam da imobilidade e atinjam 100 km/h em apenas 2,5 segundos. Já a aceleração de zero a 200 km/h acontece em sete segundos e a velocidade máxima chega a 340 km/h.

A fabricante informa que a autonomia no modo 100% elétrico é de 25 km, com velocidade reduzida a 135 km/h.

Para domar tanta força, o esportivo com capota retrátil, acionada eletricamente, é equipado com um sistema aerodinâmico ativo, que traz uma seção móvel ajustada conforme parâmetros como aceleração, frenagem e ângulo do volante.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Ferrari 0 km mais cara tem só 2 exemplares no Brasil e IPVA de R$ 336 mil - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL


Lançamentos e mercado