PUBLICIDADE
Topo

Longe da F-1, Bruno Senna vira piloto de testes de empresa de carro voador

Bruno Senna - Reprodução
Bruno Senna Imagem: Reprodução

Do UOL

Em São Paulo (SP)

14/03/2022 18h56

Ex-piloto de Fórmula 1 e sobrinho do tricampeão mundial Ayrton Senna, Bruno Senna se juntou à startup Airspeeder, que se dedica à criação de um campeonato de carros voadores usando drones de alto desempenho. Bruno será o piloto de desenvolvimento do veículo.

Senna, que além de correr na F-1 atuou na Fórmula E e no Mundial de Endurance, diz que está animado com o projeto.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

"Sou um geek e nerd completo, então é uma boa parceria para mim", falou ele.

"Adoro pilotar drones FPV (com visão em primeira pessoa). Faço isso desde 2014 e isso está reunindo duas grandes paixões minhas."

air speeder - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O brasileiro se junta a uma equipe de engenheiros e designers cujos currículos incluem passagens por times da Fórmula 1, como Ferrari e McLaren, e fabricantes de aviões, como Airbus e Boeing. O plano inicial é que os drones sejam pilotados remotamente, para que depois possam ser tripulados. O chassi será um monocoque, para manter os pilotos protegidos.

"Uma dos destaques será como os veículos irão evitar obstáculos. Quando você estiver voando perto de outra nave, elas vão detectar a presença da outra, evitando batidas por conta própria", diz Bruno.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.