PUBLICIDADE
Topo

Fraude do falso acidente dá prejuízo milionário para seguradoras nos EUA

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto

Do UOL, em São Paulo (SP)

26/01/2022 13h38

Nos últimos três anos as seguradoras dos Estados Unidos tiveram cerca de US$ 1 milhão (R$ 5,4 milhões) em prejuízo devido a falsas reivindicações de seguro após acidentes e danos propositais.

Segundo informações do New York Times, as pessoas chegavam a usar martelos para quebrar janelas, procurar tratamento médico emergencial para ferimentos que não existiam e até colocando pesos para acionar airbags propositalmente.

Segundo documentos do tribunal que julga os casos, 23 pessoas foram acusadas de simular acidentes entre 2017 e 2020 e obstruir investigações. Um documento de 81 páginas foi elaborado sobre o caso.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

As acusações ainda incluem adulteração de testemunhas, tentativa de adulteração de provas, conspiração para fraude de assistência médica e tentativa de obstrução de procedimento oficial. As reivindicações foram por salários perdidos, lesões corporais e danos materiais, disseram as autoridades.

Elas ainda apontaram que a lógica por trás das fraudes era de que os proprietários calculavam de que poderiam conseguir mais dinheiro destruindo os veículos e pegando o dinheiro do seguro do que os vendendo.

Segundo a Procuradoria dos EUA do Distrito Leste de Washington, algumas das colisões foram combinadas entre os réus. Os advogados se negaram a comentar a investigação.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.