PUBLICIDADE
Topo

Honda City 2022: nova geração tem versão hatch e novo motor; veja os preços

Do UOL, em São Paulo (SP)

18/11/2021 11h45

A Honda demorou um pouco, mas colocou no mercado a nova geração do City com uma grande novidade: a chegada também da versão hatchback.

Agora, o modelo que está em sua terceira geração vendida no Brasil, e será produzido em Itirapina (SP), conta com a gama completa para brigar com os rivais VW Polo/Virtus, Toyota Yaris/Yaris Sedã que também são vendidos em pares no País.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

A chegada dos dois modelos ao mercado será em duas etapas. O sedã entre em pré-venda no dia 23 de novembro e chegará às lojas em janeiro de 2022, enquanto o hatch terá sua pré-venda anunciada em janeiro com entregas para março do ano que vem.

Com uma nova plataforma integrada para os dois modelos, a Honda aposenta o Fit no mercado brasileiro. UOL Carros, inclusive já conferiu que as versões de entrada já acabaram e as versões de topo não são encontradas em todas as lojas.

O novo Honda City chegará às lojas com cinco versões, sendo três para o sedã, EX, EXL e Touring, com preços de R$ 108.300, R$ 114.700 e R$ 123.100, e duas para o hatch: EXL e Touring. Como o hatch chega em um segundo momento, os preços não foram divulgados.

Se tratando de visual, os modelos se diferenciam na dianteira apenas por um detalhe na grade superior, logo abaixo do logo da marca: no sedã há barras horizontais nessa área, enquanto no hatch o acabamento é em formato de colmeia. Na traseira, claro, as mudanças também atingem as lanternas devido ao estilo de carroceria distinta para os dois modelos.

Preços e versões:

  • Honda City Sedã EX: R$ 108.300
  • Honda City Sedã EXL: R$ 114.700
  • Honda City Sedã Touring: R$ 123.100

Novidades

Além do novo visual, o sedã tem diferenças para a geração anterior. O carro cresceu 53 mm na largura (1.748 mm) e 94 mm no comprimento (4.549 mm). Além disso, de acordo com a Honda, o três volumes tem chassi 4,3 kg mais leve e com uma rigidez torcional 20,4% maior.

Com 519 litros de porta-malas, ele será oferecido com seis opções de cores - uma sólida, três metálicas e duas perolizadas -, sendo que com três delas (Azul Cósmico Metálico, Cinza Barium Metálico e Branco Topázio Perolizado) o revestimento de couro interno é claro nos bancos, painel de porta, console central e painel.

Para o hatch, se comparado ao sedã, o chassi está 7,3 kg mais leve e a rigidez torcional é 6% maior. A Honda não divulgou a comparação desses dados em relação ao Fit, que no caso era o antecessor.

Honda City 2022 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O banco traseiro é 37 mm mais recuado se comparado ao sedã, para oferecer mais espaço aos ocupantes. Além disso, o hatch manteve o sistema Magic Seat do Fit, que permite modular os bancos para melhor utilização do espaço em diferentes formatos.

As cores para o hatch são oito, sendo uma sólida, três metálicas e quatro opções perolizadas. Diferentemente do sedã, o interior de couro é sempre na cor preta.

Nos dois casos, o carro traz novos amortecedores com "stop hidráulico". É um sistema que usa o próprio fluido e uma válvula extra que evita que ao pegar buracos, por exemplo, o carro dê aquela pancada de final de curso dos amortecedores.

Novidade para o City é também os controles de tração e estabilidade que eram inexistentes, apesar dos irmãos Fit e WR-V terem recebido a tecnologia na geração anterior.

Honda City 2022 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Equipamentos

Em termos de equipamentos, desde a versão EX do sedã há chave presencial com partida por botão, central multimídia com tela de 8" e integração sem fio a Android Auto e Apple CarPlay, lanternas de LEDs, câmera de ré e seis airbags.

O pacote conta ainda com sensor de pressão nos pneus, rodas de liga-leve de 16", faróis de neblina e as borboletas atrás do volante para trocas de marchas no modo manual, controles de tração e estabilidade assistente de partida em rampa.

A versão EXL adiciona bancos revestidos de couro, o painel semi-virtual com tela de TFT de 7" que pode ser configurado com diversas funções, sensor de obstáculos traseiro e o Lane Watch, que aciona uma câmera sob o retrovisor externo direito e projeta a imagem na central multimídia para tirar o ponto cego do motorista.

Na versão de topo, Touring, além de todos os itens acima há faróis Full-LEDs, incluindo as luzes de neblina, sensor de obstáculos dianteiro e o pacote Honda Sensing.

O pacote que já está presente em modelos maiores, como o Accord, inclui frenagem autônoma de emergência, leitor de saída de faixa com centralização na faixa e correção no volante, controle de velocidade adaptativo (ACC) e o farol alto automático comutável.

Honda City 2022 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Motor

Sob o capô, a família Honda City 2022 também tem novidades, ainda que a primeira vez não pareça. O carro não ganhou o aguardado motor 1.0 turbo com tecnologia flex, mas apostou em um novo 1.5 aspirado.

O novo propulsor ganhou duplo comando de válvulas - era simples no anterior - variável com o sistema i-VTEC e traz injeção direta de combustível. Esse é um novo propulsor e não o antigo 1.5 com melhorias.

Se propulsor anterior entregava 115 cv a 6.000 rpm e 15,3 mkgf a 4.800 rpm, o novo, com todas as tecnologias chegou a 126 cv a 6.200 rpm e 15,5/15,8 mkgf a 4.600 rpm, com gasolina e etanol, respectivamente.

O câmbio é um novo automático CVT que simula até sete velocidades. Além da função Sport no câmbio, é possível utilizar as borboletas atrás do volante para trocas manuais de marcha.

Os dados de consumo que vão constar no Inmetro são de 13,1 km/l na cidade e 15,2 km/l na estrada com gasolina e de 9,2 km/l em ciclo urbano e 10,5 km/l no rodoviário quando alimentado com etanol.

Honda City 2022 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.