PUBLICIDADE
Topo

Fora de linha, Honda Civic e Fit somem das lojas e do site da marca

Honda Fit DX - Divulgação
Honda Fit DX Imagem: Divulgação

José Antonio Leme

Do UOL, em São Paulo

17/11/2021 04h00

A vida do cliente que quer alguns modelos da Honda não está fácil. A marca anunciou o fim da produção nacional do Civic e o adeus do Fit do mercado brasileiro na última semana. Com isso, já há modelos em falta nas concessionárias e que sumiram também do configurador no site da marca.

Quem acessar o configurador do site não encontra mais as versões de entrada, tanto do sedã médio, quanto do monovolume. Do Civic, LX e Sport, e do Fit as versões LX, DX e Personal (PCD) aparecem como não disponíveis.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

Nas lojas, a receita é a mesma. Em mais de seis revendas consultadas na capital paulista e Grande São Paulo, essas versões não existiam e não estavam mais disponíveis para pedidos.

Por outro lado, as versões mais completas apareciam ainda no caso dos dois, mas a conta-gotas. Para o Fit, revendas tinham algumas unidades a pronta entrega de EXL e EX, mas outras, na zona sul, não tinham mais nenhuma e diziam que não recebem mais pedidos do carro.

No site da Honda, essas versões custam R$ 105.800 e R$ 100 mil, respectivamente, no preço São Paulo (SP), que é maior devido a diferença na carga de ICMS em relação ao resto do País.

No caso do Civic, a maior parte das concessionárias consultadas tinham a versão intermediária EX, enquanto poucas ofereciam a EXL. Os preços divulgados pela Honda são de R$ 134.500 e R$ 141.200, respectivamente.

A opção de topo, Touring, não era oferecida de primeira e só surge sob encomenda com uma condição. O cliente precisa fazer uma reserva, sem caução, e esperar a lista de versões disponíveis para produção que a fábrica vai liberar, sem garantia de produção.

Única versão equipada com o motor 1.5 turbo, a gasolina, a Touring aparece anunciada no site da marca por R$ 166.500. Como nas demais que usam o 2.0, o câmbio é o automático do tipo CVT.

Honda Civic Touring 2020 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O que acontece com Civic e Fit agora?

O destino do Civic é um pouco mais nobre do que o do Fit. O sedã médio para de ser produzido no Brasil, mas virá importado do segundo semestre de 2022.

O futuro do Civic é provavelmente híbrido. O modelo ganhará a versão com propulsão mista, que já está disponível para o hatch, mas ainda não para o sedã e passa a ser um carro de imagem para a companhia, ao lado do Accord e de mais um híbrido até 2023.

Já para o Fit, o fim é agridoce. O modelo, que fez fama pela versatilidade, sai de linha mesmo ganhando uma nova geração lá fora. Ele abre espaço para o City hatch, modelo inédito no Brasil e que chega no início de 2022, fazendo par com o City sedã que começa a ser vendido este ano ainda.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros