PUBLICIDADE
Topo

Avaliação: Ford Transit é van com conforto de carro que até freia sozinha

Vitor Matsubara

Colaboração para o UOL, de Americana (SP)

03/11/2021 10h00

Resumo da notícia

  • Van da Ford é fabricada no Uruguai e estreia aqui em três versões
  • Pacote de itens de série tem piloto automático adaptativo e frenagem autônoma
  • Motor 2.0 turbodiesel entrega 170 cv e bastante torque em baixas rotações

A Ford Transit não é exatamente uma novidade no país: a van já foi vendida por aqui de 2008 a 2014. Seu retorno, porém, acontece em um momento completamente diferente de sua última passagem entre nós.

Em meio a um processo de reestruturação que culminou com o fim da produção no Brasil e o fechamento de várias concessionárias, a Transit retorna ao mercado brasileiro com a missão de recompor o portfólio da Ford, que agora foca nas picapes e SUVs.

  • O UOL Carros agora está no TikTok! Acompanhe vídeos divertidos, lançamentos e curiosidades sobre o universo automotivo.

Mas isso não significa que a Transit será deixada em segundo plano - muito pelo contrário. Até uma divisão de veículos comerciais chamada Ford Pro foi criada antes de trazê-la para cá.

Fabricada no Uruguai em regime CKD (no qual as peças são trazidas de outro país e o veículo é apenas montado lá), a Transit desembarca por aqui inicialmente em versões para 15+1 ou 17+1 passageiros e com carroceria vidrada.

Motor é esperto e silencioso

Ford Transit 1 - Divulgação - Divulgação
Transit tem dirigibilidade de automóvel e muito conforto
Imagem: Divulgação

Todas as configurações utilizam o motor 2.0 EcoBlue diesel de 170 cv e 41,3 kgfm. É ele que garante as respostas ágeis nas acelerações, sobretudo em baixas rotações - o torque máximo está disponível já entre 1.750 rpm e 2.500 rpm.

Bem escalonada, a transmissão manual de seis marchas tem engates precisos e justos. A embreagem, por sua vez, é um pouco mais pesada - e típica dos automóveis de passeio da Ford. Quem já dirigiu um vai se sentir em casa.

Vale destacar como a dirigibilidade da Transit se assemelha à de um automóvel de passeio. A direção elétrica é extremamente leve e responsiva, fazendo com que o motorista esqueça (mesmo que por alguns instantes) que está a bordo de uma van. Ponto positivo também para o bom isolamento acústico e o baixo nível de ruído do motor em funcionamento.

'Completona' de série

Ford Transit 2 - Divulgação - Divulgação
Cabine é bem acabada e comandos estão ao alcance das mãos
Imagem: Divulgação

A ampla área envidraçada contribui para uma boa visibilidade por todos os lados. Seja por conta das grandes janelas laterais ou pelos espelhos retrovisores bem grandes, o condutor consegue enxergar quase tudo que acontece à sua volta. Na hora de realizar manobras, existe ainda a câmera de ré.

E falando no conteúdo, a Transit se destaca pela boa oferta de itens de série. Todas as versões saem de fábrica com um pacote de segurança que inclui piloto automático adaptativo, alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência, controles de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampas, freio a disco nas quatro rodas, computador de bordo, estabilização de vento lateral e sistema anticapotamento.

A van ainda conta com central multimídia Sync, um prático estribo elétrico (que surge quando a porta corrediça lateral é aberta e se recolhe assim que ela é fechada), auto start-stop (basta pisar no pedal de embreagem para o motor ligar instantaneamente), computador de bordo, luzes diurnas, entradas USB nas fileiras de bancos e cintos de segurança para todos os passageiros.

A cabine, aliás, tem acabamento com padrão semelhante a dos finados automóveis de passeio da marca, como as versões mais caras de Ka e EcoSport. E também não faz feio diante do padrão da Ranger. Além disso, a ergonomia é outro ponto forte: todos os comandos estão ao fácil alcance das mãos.

Condições especiais

Ford Transit 3 - Divulgação - Divulgação
Ford tem benefícios para as primeiras 350 unidades
Imagem: Divulgação

Se tudo isso ainda não basta para convencer a empresa a comprar a Transit, a Ford ataca com um plano de revisões a cada 20 mil quilômetros com preços fixos.

O cliente também pode contratar as revisões antecipadamente por meio do programa Ford Protect e incluí-las no financiamento.

Além disso, as primeiras 350 unidades serão contempladas com gratuidade nas três primeiras revisões. A Transit tem garantia de um ano ou 100 mil quilômetros. Os preços ainda não foram divulgados até o fechamento desta reportagem.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.