PUBLICIDADE
Topo

Xiaomi confirma criação de divisão responsável por veículos elétricos

Logo da Xiaomi exibido - Mateusz Slodkowski / SOPA Images / LightRocket via Getty Images
Logo da Xiaomi exibido Imagem: Mateusz Slodkowski / SOPA Images / LightRocket via Getty Images

Do UOL

Em São Paulo (SP)

01/09/2021 13h01

Gigante chinesa de smartphones, a Xiaomi confirmou que registrou oficialmente sua nova divisão de veículos elétricos. A subsidiária recebeu o nome de Xiaomi EV, Inc. e foi criada com um capital de 10 bilhões de yuans (aproximadamente R$ 7,9 bilhões na cotação atual).

A confirmação vem meses depois de a empresa ter prometido um investimento de US$ 10 bilhões no setor de carros elétricos na próxima década. No momento, a divisão Xiaomi EV tem 300 funcionários e é liderada pelo CEO Lei Jun.

A empresa revelou que "conduziu uma grande quantidade de pesquisas com usuários" de carros elétricos nos últimos cinco meses e também visitou parceiros da indústria enquanto "avançava com a definição do produto EV e formação da equipe".

Recentemente, a Xiaomi adquiriu a empresa de direção autônoma Deepmotion para "aumentar a competitividade tecnológica" de seu negócio de veículos elétricos.

A fabricante de smartphones segue uma tendência de outras empresas chinesas, como Xpeng, NIO e BYD, na produção de carros elétricos.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.