PUBLICIDADE
Topo

VW Taos aposta em receita melhorada do Tiguan para combater o Jeep Compass

José Antonio Leme

Do UOL, em São Paulo (SP)

09/06/2021 12h00

UOL Carros teve o primeiro contato com o novo Volkswagen Taos na pista da Goodyear, em Americana, no interior de São Paulo. O modelo ao qual pudemos ter acesso e gerar as primeiras impressões foi com a versão de topo Highline, que parte de R$ 181.790.

Para o Taos Highline, o único opcional disponível é o teto panorâmico a R$ 5.520, que estava presente na versão avaliada e eleva o preço final a R$ 187.310. Ele será um dos principais concorrentes do recém-renovado Jeep Compass 2022.

Volkswagen Taos 2022  - Divulgação  - Divulgação
Imagem: Divulgação

O que ficou claro no breve contato é que a VW apostou, em parte, na receita de sucesso do Tiguan AllSpace. Veio com o mesmo motor das versões de entrada, praticidades e compartilhamento de peças, além da plataforma MQB.

Como já havíamos antecipado, o Taos tem motorização única que combina o propulsor 1.4 turboflex de 150 cv e 25,5 mkgf, com gasolina ou etanol, a um câmbio automático de seis marchas com opção de trocas por aletas atrás do volante.

Volkswagen Taos 2022  - Divulgação  - Divulgação
Imagem: Divulgação

Esse conjunto, tal qual na versão de topo do T-Cross ou nas mais básicas do Tiguan, forma casamento sólido ao estilo "até que a morte nos separe". Com menos peso que o Tiguan, cerca de 140 kg a menos, ele tem uma melhor relação de peso-potência.

Na prática isso permite um comportamento mais ágil, especialmente nas retomadas. A pista travada com cones também permitiu ver a boa estabilidade lateral da carroceria do Taos. O carro pouco se mexe lateralmente, mesmo quando exigido no limite de uma mudança de trajetória rápida.

Volkswagen Taos 2022  - Divulgação  - Divulgação
Imagem: Divulgação

Além de dividir a plataforma com o Tiguan AllSpace, o Taos também se aproveitou bastante da sinergia na área interna. O modelo herdou do SUV maior os comandos do ar-condicionado, parte do console central e até a parte superior do painel. Nessa parte superior do painel, porém, onde havia um compartimento fechado no Tiguan virou apenas uma área aberta no Taos.

Em termos de acabamento, o Taos melhorou o que era um dos defeitos do Tiguan - algo pobre e sem vida. Apesar de abusar do plástico, ainda assim tem detalhes e melhorias que alteraram a sensação de mais requinte.

Volkswagen Taos 2022  - Divulgação  - Divulgação
Imagem: Divulgação

Como itens de série, o Taos Highline oferece tudo que é entregue na opção de entrada Comfortline, como seis airbags, ar-condicionado de duas zonas, assistente de partida em rampa, sistema de fixação Isofix de cadeirinhas e volante com ajuste de altura e distância.

Traz também câmera de ré, carregador de celular por indução, controles de tração e estabilidade, 3 entradas USB do tipo C, espelho interno eletrocrômico, freio de estacionamento elétrico, indicador de pressão dos pneus e porta-luvas refrigerado. Há ainda a central multimídia VW Play com tela de 10" e integração com Android Auto e Apple CarPlay.

Volkswagen Taos 2022  - Divulgação  - Divulgação
Imagem: Divulgação

De série apenas na Highline há o controle de velocidade adaptativo (ACC) e a frenagem autônoma de emergência com detecção de pedestres, mas não de ciclistas. Os bancos dianteiros são aquecidos e com ajustes elétricos.

Outras novidades são o sistema de faróis IQ Light, uma tecnologia de faróis Full-LEDs que oferece maior capacidade de iluminação. Há ainda painel de instrumentos virtual de 10,25", quatro modos de condução e alertas de tráfego cruzado e de ponto cego. Completa o pacote o revestimento interno na cor preta do teto e sistema de iluminação de LEDs com 10 cores disponíveis.

Volkswagen Taos 2022  - Divulgação  - Divulgação
Imagem: Divulgação