PUBLICIDADE
Topo

Prefeitura de São Paulo reduz horário do rodízio de carros a partir de 2ª

Vista do trânsito no Elevado Presidente João Goulart e na Rua da Consolação, no centro de São Paulo - Nelson Antoine/Estadão Conteúdo
Vista do trânsito no Elevado Presidente João Goulart e na Rua da Consolação, no centro de São Paulo Imagem: Nelson Antoine/Estadão Conteúdo

Colaboração para o UOL

07/05/2021 19h14Atualizada em 08/05/2021 09h10

A partir desta segunda-feira (10), o rodízio noturno de carros na cidade de São Paulo vai sofrer mudanças. Passa a vigorar de segunda a sexta-feira, de 21h às 5h do dia seguinte, inclusive nos feriados, de acordo com o final da placa. Desde 22 de março, o rodízio começava às 20h e ia até 5h.

A medida segue o novo horário de restrição no estado e tem o objetivo de diminuir a circulação no horário noturno. Os carros são impedidos de circular no centro expandido.

Veja abaixo como será o rodízio conforme o final da placa do veículo:

  • 1 e 2 - das 21h de segunda-feira às 5h de terça
  • 3 e 4 - das 21h de terça-feira às 5h de quarta
  • 5 e 6 - das 21h de quarta-feira às 5h de quinta
  • 7 e 8 - das 21h de quinta-feira às 5h de sexta
  • 9 e 0 - das 21h de sexta-feira às 5h de sábado

Ainda segundo a prefeitura, o funcionamento do rodízio para carros no horário tradicional segue suspenso: das 7h às 10h e das 17h às 20h.

Caminhões continuam seguindo as regras do rodízio municipal tradicional, das 7h às 10h e das 17h às 20h, de acordo com o final da placa.

Em caso de descumprimento de horários e locais, o motorista pode ser multado em R$ 130,16 e perder quatro pontos na carteira de habilitação.