PUBLICIDADE
Topo

Ferrari rara de R$ 14 mi é achada em celeiro após ficar 55 anos 'escondida'

Ferrari 250 Europa GT 1955 - Divulgação
Ferrari 250 Europa GT 1955 Imagem: Divulgação

Do UOL

Em São Paulo (SP)

27/04/2021 14h52

Se há uma história que se repete de tempos em tempos na descoberta de carros clássicos é o proprietário morrer e jamais ter contado para ninguém que possuía um modelo raro que não via a luz do dia há tempos. Isso ocorreu novamente na Califórnia recentemente.

Após a morte de um bilionário, foi descoberto em um celeiro uma Ferrari no valor entre US$ 2,2 milhões e US$ 2,6 milhões (cerca de R$ 11,9 milhões a R$ 14,1 milhões na cotação atual).

gt - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O modelo em si é uma Ferrari 250 Europa GT 1955, carro que foi apresentado em outubro de 1954 no Salão do Automóvel de Paris. O veículo foi um marco para a fabricante, já que é o primeiro a ter um motor V12 feito para trafegar nas ruas.

gt2 - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Além disso, a 250 Europa GT também é a primeira Ferrari de rua equipada com suspensão dianteira independente com molas helicoidais, o que fornecia um equilíbrio muito melhor ao condutor. A caixa de câmbio do modelo possui sincronização, o que agiliza seu uso.

Agora, o carro - que não anda desde 1966 - está pronto para ser leiloado pela casa Gooding & Company.

Apenas 43 unidades da Ferrari 250 Europa GT foram construídas, com o modelo em questão sendo o número 29. O veículo tem apenas 33.671 km rodados.