PUBLICIDADE
Topo

Pessoas ainda temem tecnologia autônoma em veículos, diz pesquisa

Carro autônomo - Getty Images
Carro autônomo Imagem: Getty Images

Do UOL

Em São Paulo (SP)

01/03/2021 13h14

Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos mostrou que a maior parte das pessoas é ainda cautelosa com os cada vez mais presentes sistemas de condução autônoma nos carros. Realizado pela AAA (Associação Automobilística Americana), o estudo visava entender a relação das pessoas com a tecnologia veicular e sua aceitação.

A pesquisa foi realizada com mil pessoas em janeiro, com apenas 22% dos motoristas afirmando que as fabricantes deveriam se concentrar no desenvolvimento de veículos autônomos. Já 80% dos entrevistados disseram que gostariam que os sistemas de segurança tecnológicos atuais, como a frenagem automática de emergência e a assistente de faixa, funcionassem melhor, com 58% dizendo que gostariam de ter estas facilidades no próximo veículo.

"As pessoas estão prontas para abraçar a nova tecnologia de veículos, especialmente se isso tornar a direção mais segura", disse Greg Brannon, diretor de engenharia automotiva e relações industriais da AAA. Aproximadamente 96% dos automóveis novos possuem alguma tecnologia avançada de segurança.

"Os consumidores têm certeza do que desejam, e se os fabricantes de automóveis aproveitarem a oportunidade para oferecer uma experiência melhor agora, isso abrirá o caminho para os veículos de amanhã."

Para o AAA, as descobertas "sinalizam que as pessoas estão abertas a tecnologias mais sofisticadas, que se proporcionarem experiências positivas para os motoristas, abrirão o caminho para a aceitação de veículos autônomos".

Pesquisas anteriores da AAA dizem que sistemas de alto nível de automação nem sempre funcionam como o esperado de acordo com o público. Essas descobertas reforçam a necessidade dos fabricantes de "continuarem a aprimorar a tecnologia de veículos, expandindo os testes".

Por isso, autônomos trazem grande descrença das pessoas, com 86% dizendo que teriam medo de estar em um veículo autônomo. Entretanto, o grupo automotivo ainda observou que, embora os veículos autônomos ainda estejam a anos de serem disponibilizados a pessoas, à medida que testes em estradas públicas se expandirem, os motoristas provavelmente terão mais oportunidades de interagir com as tecnologias, gerando assim mais confiança.