PUBLICIDADE
Topo

Volkswagen Taos terá tecnologias mais completas que T-Cross e Nivus

Divulgação
Imagem: Divulgação

José Antonio Leme

Do UOL

26/01/2021 11h18

A Volkswagen está aos poucos revelando novidades sobre o Taos. O modelo começa a ser vendido no segundo trimestre de 2021, mas terá sua apresentação final, com praticamente todas os detalhes e versões, ainda neste trimestre. Por enquanto a marca divulgou novos itens que farão parte do Taos e, apesar de dividir plataforma com Nivus, será mais completo.

Sem confirmar se os itens estarão disponíveis em todas as versões, a Volkswagen confirmou que o Taos terá frenagem autônoma de emergência com detecção de pedestres e controle de velocidade de cruzeiro adaptativo (ACC) com função Stop 'n Go. A função de detecção de pedestres permite que os radares reconheçam pessoas, além de veículos, e façam a frenagem autônoma caso o motorista não freie o carro. No caso do "stop 'n go", ela permite que com o ACC ativado o carro pare totalmente e volte a se movimentar sozinho, sem que o motorista precise pisar no acelerador. Essa função ajuda muito em congestionamentos.

Há alerta de tráfego cruzado na traseira com frenagem de função de manobra. Isso significa que até 10 km/h de ré, se o carro notar possibilidade de colisão com carros ou objetos, porém sem ação do motorista, ele freia o carro sozinho. Em termos de segurança e colisão haverá ainda o "Post Collision Brake", que, em caso de colisão, mantém os freios ativados para evitar uma segunda batida aumentando os danos e possíveis ferimentos aos ocupantes. O Taos irá oferecer ainda indicação de perda de pressão nos pneus, mas sem mostrar a calibragem individual.

Outros itens que foram confirmados para o VW Taos são o alerta de ponto cego, freio elétrico de estacionamento com liberação automática em saídas. Esse é outro item que o Nivus não oferece, mesmo na versão de topo, o freio de estacionamento é manual. Haverá ainda, dependendo da versão, chave presencial com partida por botão e teto solar panorâmico.

Dimensões

A Volkswagen também aproveitou o momento para divulgar oficialmente as dimensões do Taos que será vendido aqui. São 4,46 metros de comprimento, 2,68 m de entre-eixos, 1,84 m de largura e 1,62 de altura. O porta-malas terá 498 litros enquanto o tanque de combustível vai oferecer 51 litros de capacidade. O peso divulgado é de 1.482 kg em ordem de marcha.

Comparando com o líder do segmento, o Jeep Compass, o VW Taos é 67 mm maior em comprimento, 44 mm maior em entre-eixos, 22 mm mais largo e 7 mm mais baixo. O porta-malas tem 88 litros a mais e o tanque tem 9 litros a menos que o do Compass, que oferece 60 litros. O Jeep é 107 kg mais pesado na versão de entrada, a Sport.

Motor e câmbio

Em termos de motorização e câmbio já sabemos que o Taos virá equipado com o motor 1.4 quatro cilindros, turbo e flexível. Nomeado pela marca de "250 TSI", esse propulsor entrega até 150 cv e 25,5 mkgf. O câmbio será sempre o automático de seis velocidades, o mesmo que equipa T-Cross, Nivus, Polo, entre outros.

Com esse conjunto, o Taos pode acelerar de 0 a 100 km/h em 9,3 segundos e atingir a velocidade máxima de 194 km/h. Todas as versões do Taos terão aletas atrás do volante para troca de marchas e função Sport, que aumenta a rotação nas trocas de marcha. São quatro modos de condução: eco, normal, sport e individual.

O Taos produzido na Argentina para a América Latina, com suas particularidades de má conservação de piso e asfalto, terá ainda uma calibragem própria para os sistemas de suspensão e de direção. A suspensão, inclusive é outro item que difere dos demais modelos abaixo dele na plataforma MQB, enquanto os outros usam eixo de torção na traseira, o Taos vai apostar em independente do tipo multilink.