PUBLICIDADE
Topo

Marcas investem em aluguel por assinatura de olho em clientes da Uber

Gigantes como VW e Fiat oferecem modelos de assinatura de carros novos - Murilo Góes/UOL
Gigantes como VW e Fiat oferecem modelos de assinatura de carros novos
Imagem: Murilo Góes/UOL

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

13/12/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Modelo de negócios ganha força entre montadoras, como VW, Fiat e até Audi
  • FCA estreia Flua! em janeiro com 10 modelos de Fiat e Jeep
  • Audi oferece carros blindados por mensalidade de R$ 12 mil

Parece que ser dono de um automóvel vai ser artigo de luxo no futuro. É o que apostam algumas montadoras que aderiram ao sistema de aluguel de carros por assinatura. Volkswagen, Fiat, Jeep e até Audi são algumas das empresas que oferecem a comodidade.

"É um modelo de negócio conectado às necessidades de um consumidor que quer uma nova opção de mobilidade através do serviço de carro por assinatura, pelo tempo que lhe for mais conveniente", diz Fábio Siracusa, head de Flua!

Dez modelos de Fiat e Jeep

Jeep Renegade - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Renegade é um dos modelos disponíveis na Flua!
Imagem: Murilo Góes/UOL

Flua! é o nome do programa de assinatura de veículos recém-anunciado pelo grupo FCA.

A fabricante afirma que a intenção não é concorrer com o setor de locadoras de veículos (um dos grandes clientes de vendas diretas da empresa), e sim atrair clientes que não possuem carro e costumam utilizar aplicativos de transporte como a Uber.

A partir de 15 de janeiro, 32 concessionárias das marcas Fiat e Jeep participarão do programa piloto em oito cidades de São Paulo e em Curitiba (PR).

Serão disponibilizados planos de 12, 24 e 36 meses, com franquias mensais de 1 mil, 2 mil ou 3 mil quilômetros mensais. O cliente poderá escolher entre oito modelos da Fiat (Argo, Nova Strada, Toro, Cronos, Grand Siena, Doblò, Fiorino e Ducato) e dois da Jeep (Renegade e Compass).

Custos de manutenção básica do carro, incluindo valores de seguro, documentação e revisões em garantia, estão inclusos no valor da mensalidade. Os preços serão anunciados em janeiro de 2021.

A contratação do serviço pode ser feita inteiramente de forma digital, sendo que apenas a retirada do veículo (que será produzido de acordo com a preferência do cliente) será feita na concessionária indicada pelo usuário.

VW diz que T-Cross 'bombou'

T-Cross - Marcos Camargo/UOL - Marcos Camargo/UOL
T-Cross Comfortline acaba de ser integrado à frota do Sign & Drive
Imagem: Marcos Camargo/UOL

O serviço lançado pela FCA segue os moldes do modelo anunciado pela Volkswagen no começo de novembro.

O VW Sign & Drive, porém, tem algumas restrições. Por ora, os contratos são de 12 ou 24 meses e a franquia de quilometragem mensal é de 1.800 quilômetros, com pagamento de compensação ao término do contrato se o cliente ultrapassar a marca.

Segundo a fabricante, a procura pelo T-Cross 200 TSI (um dos modelos oferecidos no primeiro mês ao lado do Tiguan Comfortline) foi tão grande que a empresa decidiu ampliar a oferta de versões do SUV compacto. Agora as versões Comfortline e Highline também fazem parte do serviço. O sedã Virtus Highline também entrou na lista de modelos oferecidos no Sign & Drive.

De Audi por menos de R$ 10 mil

Audi e-tron - Divulgação/Audi - Divulgação/Audi
Até o SUV elétrico e-tron pode ser 'assinado'
Imagem: Divulgação/Audi

Diante da oferta cada vez maior de empresas neste novo serviço (inclusive locadoras e lojas de importados de luxo), até a Audi resolveu entrar no jogo.

O Audi Luxury Signature terá uma fase inicial com 20 veículos dos modelos A6, A7, Q8 e e-tron.

Se o cliente desejar ele pode incluir a blindagem no valor das mensalidades. Assim, no caso de um A6, as parcelas partem de R$ 9.590 por mês e sobem para R$ 11.990 se o veículo for blindado.

O modelo mais caro é o Q8 Performance Black, ao preço de R$ 13.290 por mês e R$ 16.590 com blindagem.

O prazo inicial do contrato é de dois anos e o cliente pode rodar até 48 mil quilômetros neste período.

Ao fim do prazo de 24 meses o cliente pode devolver o veículo ou adquiri-lo com um desconto de 12% sobre o valor da tabela Fipe.

"Estamos oferecendo a comodidade de alugar um carro a longo prazo ampliando para um período de dois anos, mas ainda não sabemos se este é o prazo ideal para nossos clientes. Talvez eles prefiram por um ano ou dois", afirmou Johannes Roscheck, presidente da Audi Brasil.