PUBLICIDADE
Topo

Como GM e Ford reagiram à eleição de Biden para presidente dos EUA

Joe Biden fala no Cleveland Burke Lakefront Airport - Drew Angerer/Getty Images
Joe Biden fala no Cleveland Burke Lakefront Airport Imagem: Drew Angerer/Getty Images

Do UOL

Em São Paulo (SP)

09/11/2020 13h14

Após a confirmação da vitória de Joe Biden sobre Donald Trump pela presidência dos Estados Unidos, as duas maiores montadoras o país - General Motors e Ford - se manifestaram parabenizando o democrata pela conquista.

As fabricantes esperam que o democrata, 46º presidente dos EUA, encoraje a produção da indústria nacional e também seja um defensor da eletrificação.

A Ford disse em comunicado: "nós parabenizamos o presidente eleito Joe Biden e os membros novos e reeleitos do governo. Nós esperamos que estes líderes se foquem em fazer o país se unir de novo e ir atrás de políticas que encorajem a produção interna dos EUA, a sustentabilidade e a estabilidade da economia global".

Já a GM afirmou: "estamos ansiosos para trabalhar na nova administração e com a entrada de novas políticas para o apoio de clientes, concessionárias em empregados, que ajudem a fortificar nossa presença como montadora nos EUA e avance em nossa visão de um futuro elétrico e com zero emissão".

Donald Trump se tornou o primeiro presidente em exercício a perder a reeleição desde o também republicano George H.W. Bush em 1992.

Após vencer, Biden disse: "é hora de a América se unir. E para curar "

"Com o fim da campanha, é hora de colocar a raiva e a retórica dura para trás e nos unirmos como uma nação. Não h nada que não possamos fazer se fizermos juntos."