PUBLICIDADE
Topo

Culpa do Mitsubishi ou do PM? Vídeo de viatura capotando viraliza nas redes

Do UOL, em São Paulo (SP)

11/09/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Viatura estava atendendo ocorrência e tombou após mudança de trajetória
  • Novo vídeo mostra policial apontando suposta falha na direção do Pajero Dakar
  • Marca diz que não se pronunciará por desconhecer histórico de manutenção feita no carro

Um incidente envolvendo uma viatura policial no Paraná está dando o que falar nas redes sociais. Imagens gravadas em Curitiba mostram diversas viaturas em alta velocidade, quando uma delas perde o controle e capota na avenida.

O veículo era um Mitsubishi Pajero Dakar e tombou após mudança repentina de trajetória. Outras viaturas que vinham antes, a caminho de uma ocorrência de ajuda ao Corpo de Bombeiros, não realizaram manobra semelhante ao passarem pelo mesmo trecho do acidente.

Pajero Viatura - Reprodução/Internet - Reprodução/Internet
Viatura da PM do Paraná tombou após manobra repentina
Imagem: Reprodução/Internet

De acordo com o site 'Paraná Portal', policiais de outras viaturas e a cavalaria da Polícia Militar, que também estava passando no local, prestaram os primeiros socorros. Dois ocupantes do veículo tiveram ferimentos leves, mas recusaram atendimento e não foram encaminhadas ao hospital.

Problema do carro?

Pajero Dakar - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Pajero Dakar saiu de linha em 2018
Imagem: Murilo Góes/UOL

Um segundo vídeo começou a ser repassado nas redes sociais. Nele, um policial da Rone (Rondas Ostensivas de Natureza Especial), de Curitiba (PR), justifica o acidente afirmando que o Pajero Dakar possui um "problema gravíssimo" no sistema de direção.

O policial afirma que, "ao tentar fazer a manobra de contra-esterço, a direção trava" e que não é possível retomar a trajetória após a saída de traseira. Ele afirma que é possível realizar a correção em baixa velocidade, mas que "em alta velocidade você não consegue".

Simulação Pajero - Reprodução/Internet - Reprodução/Internet
Policial simula manobra de contra-esterço, mas com veículo parado
Imagem: Reprodução/Internet

O vídeo traz uma simulação da manobra, mas ela é realizada com um veículo particular (fabricado em 2013 e com placas de Curitiba) e parado.

Antes disso, o policial usa um Chevrolet Trailblazer de viatura policial como exemplo e afirma que, ao perder a traseira, "você consegue fazer a manobra de contra-esterço rapidamente sem nenhum tipo de intervenção do conjunto mecânico".

Procurada pela reportagem de UOL Carros, a HPE Automotores, representante oficial da Mitsubishi Motors no Brasil, afirmou que prefere não se posicionar por "desconhecer os registros de manutenção" do veículo.

Acidentes comuns

Fato é que registros de capotagens com viaturas são relativamente comuns na internet. Uma rápida busca no YouTube traz vários resultados.

Um dos registros mais famosos é o do capotamento de uma Toyota SW4 da Rota (Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar) na Avenida Tiradentes, em São Paulo.

O incidente teria ocorrido durante uma troca de turno dos policiais, a qual é conhecida pela saída das viaturas.

Ainda que alguns casos ocorram por imprudência ao volante, acidentes com SUVs podem acontecer com frequência. Isso porque este tipo de veículo não possui tanta estabilidade em curvas e desvios repentinos de trajetória.

O motivo é simples. Por serem veículos altos, eles possuem centro de gravidade mais elevado do que automóveis de passeio "normais".

Assim, a estabilidade é menor e tendem a inclinar mais a carroceria em curvas fechadas ou manobras de emergência. Alguns veículos trazem até recomendações para evitar manobras abruptas.

É claro que os modelos mais modernos possuem assistências eletrônicas para aprimorar a segurança, como o controle de estabilidade e a distribuição de frenagem. Mas não há tecnologia capaz de superar as leis da física caso o motorista passe dos limites.