PUBLICIDADE
Topo

Hamilton mostra novo carrão de R$ 555 mil para reduzir emissão e irrita fãs

Lewis Hamilton com Mercedes-Benz EQS - Divulgação
Lewis Hamilton com Mercedes-Benz EQS Imagem: Divulgação

Do UOL

Em São Paulo (SP)

08/09/2020 15h26Atualizada em 09/09/2020 17h20

O hexacampeão mundial de Fórmula 1 Lewis Hamilton utilizou suas redes sociais para anunciar que está reduzindo suas emissões de carbono com um novo carro elétrico em sua garagem. O modelo é o Mercedes EQS, que será lançado no mercado no ano que vem. Ele pode ir de 0 a 100 km/h em 4,5 segundos, possui 475 cv de potência e uma autonomia de 700 km.

Hamilton disse: "é importante que todos nós paremos um momento para entender nossa emissão e as pequenas mudanças que podemos fazer em nossas vidas diárias para colocar nosso planeta em primeiro lugar".

Entretanto, sua postagem não foi bem recebida por muitos dos fãs. Muitos se atentaram ao fato de o modelo - avaliado em 80 mil libras (cerca de R$ 555 mil na cotação atual) - não estar ao alcance da maioria das pessoas.

Outros criticaram Hamilton por ter outros 12 carros com motores a combustão em sua garagem e ainda um jatinho particular.

Um internauta disse: "para reduzir o meu impacto no meio ambiente decidi dirigir o carro mais emissor do planeta durante horas todas as semanas, em diferentes países, voando em jatos particulares, com uma equipe usando dezenas de caminhões e vendendo milhões de carros. Você é palhaço ou o quê?"

Hamilton teve uma recepção parecida no ano passado, quando encorajou seguidores a se tornarem veganos. "É a única maneira de realmente salvar nosso planeta hoje", disse na época.

No entanto, a repercussão foi negativa, com um internauta comentando: "é difícil levar a sério o clima quando seu trabalho é correr sem rumo em círculos em um foguete terrestre que consome gás".