PUBLICIDADE
Topo

Seguro do carro: veja 6 situações mais comuns em que o serviço é acionado

Seguradoras atendem diversos tipos de ocorrências, desde acidentes até pane seca - Reprodução
Seguradoras atendem diversos tipos de ocorrências, desde acidentes até pane seca
Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo (SP)

14/08/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Seguradoras atendem chamados que vão de acidentes a pedidos de chaveiro
  • Empresas oferecem serviço de transporte do veículo quando não há como locomovê-lo
  • Gastos com transporte de segurado para residência também são cobertos

Contratar uma seguradora é uma das primeiras providências tomadas ao adquirir um veículo. Afinal de contas, é sempre bom contar com ajuda em caso de imprevistos que volta e meia acontecem no dia-a-dia.

Os serviços oferecidos pelas seguradoras podem ser divididos em "sinistro" e "assistência". O primeiro são eventos possíveis descritos na apólice e que, caso ocorram, possuem cobertura pela seguradora, dando direito ao segurado de ser ressarcido no valor combinado no contrato. É onde se enquadra situações como acidentes, incêndio ou roubos do veículo.

Já o segundo são atividades específicas que são oferecidas ao cliente (como guincho e chaveiro, por exemplo) e podem até abranger benefícios que vão além da cobertura do veículo.

Seja "sinistro" ou "assistência", UOL Carros listou abaixo as seis situações mais recorrentes no acionamento do seguro.

Acidentes

Acidente - Reprodução - Reprodução
Acidentes de trânsito estão entre ocorrências mais comuns
Imagem: Reprodução

Uma das ocorrências mais recorrentes é a de acidentes. Nestes casos, o segurado aciona a seguradora para realizar a abertura do sinistro e reparar os danos causados.

O segurado ainda pode solicitar a remoção do veículo por guincho, caso esteja impossibilitado de ser retirado do local, ou pedir transporte para sua residência, por exemplo.

A cobertura básica da maioria das empresas inclui colisão ou capotagem acidentais, queda acidental em precipícios ou pontes, acidente durante seu transporte por meio apropriado (como cegonha ou guincho) e alguns tipos de atos danosos praticados por terceiros.

Pane por falta de manutenção

Guincho - Luiz Carlos Murauskas/Folha Imagem - Luiz Carlos Murauskas/Folha Imagem
Guincho é uma das melhores opções em caso de pane seca
Imagem: Luiz Carlos Murauskas/Folha Imagem

O serviço de reboque de veículos é um dos mais solicitados pelos segurados. Normalmente o motivo é a falta de revisão periódica conforme orientação da fabricante, resultando em panes e outros problemas.

Quando o veículo segurado não consegue se locomover por meios próprios em virtude de pane elétrica, seca ou mecânica, a seguradora cobre os gastos com reboque ou transporte até uma oficina mais próxima do local do evento. Isso acontece quando o reparo não puder ser tecnicamente executado no local de sua paralisação.

Em caso de pane elétrica, a assistência pode realizar uma recarga na bateria no próprio local, para que o segurado tenha condições de se dirigir até uma oficina credenciada

Caso o veículo não possa se locomover, a seguradora também pode providenciar o retorno ao domicílio do segurado ou transporte para continuação da viagem quando o tempo de reparo estimado seja superior a 48 horas.

Substituição de bateria

Bateria - Shutterstock - Shutterstock
Assistência pode dar recarga ou substituir bateria
Imagem: Shutterstock

Não é raro ver um motorista a pé por conta de uma bateria arriada. De tão frequente, as seguradoras já se preparam para este problema e oferecem assistência rápida com auxílio de motocicletas. Assim, o profissional pode se dirigir ao local do chamado com maior agilidade.

Na maioria dos casos, o profissional já consulta as informações da apólice do veículo para providenciar uma bateria nova, que já é levada para instalação no carro do segurado. Assim o motorista pode sair do local rodando normalmente.

Chaveiro

Chaveiro - Reprodução/Auto Loc Doc - Reprodução/Auto Loc Doc
Chaveiro possui ferramentas adequadas para abrir veículos
Imagem: Reprodução/Auto Loc Doc

O serviço de chaveiro também está entre os mais solicitados. Os motivos são diversos: perda das chaves do carro, roubo, furto ou simplesmente esquecimento no interior do próprio veículo.

O profissional contratado pela seguradora é capaz de destravar as portas do veículo sem danificá-lo para que o proprietário possa acessá-lo.

Vidro danificado

Vidro quebrado - Reprodução - Reprodução
Para-brisa trincado nem sempre é coberto pelas seguradoras
Imagem: Reprodução

Qualquer objeto pode danificar os vidros de seu carro. Pode ser uma pedra arremessada de forma não intencional por outro veículo ou até uma tentativa de furto. Porém, é bom ficar atento com pequenos danos, como trincas ocasionadas por pequenas pedras ou pedregulhos.

Normalmente, a cobertura básica só paga a troca dos vidros se houver perda total ou perda parcial cujo valor do conserto supere o valor da franquia.

O problema é que este tipo de cobertura não abrange situações mais corriqueiras, em que o vidro necessite de reparos ou trocas, algo que normalmente está incluso em coberturas adicionais. Neste caso, se você acionar a proteção de vidros, não precisa se preocupar em pagar a franquia. Ou seja, vantagem para o seu bolso.

É por isso que é bom saber qual é a cobertura oferecida por sua seguradora.

Roubo de veículo

Roubo de carro - Foto: Ford/ Divulgação - Foto: Ford/ Divulgação
Roubos e furtos também figuram entre as situações mais frequentes nas seguradoras
Imagem: Foto: Ford/ Divulgação

O roubo de carros ainda figura entre as ocorrências mais frequentes nas seguradoras. Nestes casos, além de abrir uma investigação para que o seguro decida o que deve ser feito, o usuário também pode solicitar um táxi para se dirigir a um local seguro, como sua casa.

A maioria das seguradoras cobre roubo ou furto, seja ele parcial (com dedução da franquia estipulada na apólice) ou total. Como nos casos de pane, a seguradora pode providenciar o retorno ao domicílio do segurado ou transporte para continuação da viagem.

Se o veículo for localizado, a empresa também cobre os gastos com o transporte até a oficina mais próxima, caso o reparo não possa ser feito no local. Outra possibilidade é pagar o transporte do segurado ou de responsável legal ao local onde o veículo foi encontrado.

Há empresas que ressarcem até prejuízos de acessórios ou equipamentos do carro, como sistema de som e kit GNV.