PUBLICIDADE
Topo

Caminhão tombado tinha R$ 2,3 mi em carros de luxo e até 'SUV da Anitta'

Carreta com oito carros zero da Volvo se dirigia para Florianópolis (SC) quando tombou no Paraná, destruindo os veículos - Divulgação/Polícia Rodoviária Federal
Carreta com oito carros zero da Volvo se dirigia para Florianópolis (SC) quando tombou no Paraná, destruindo os veículos Imagem: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

05/08/2020 14h56Atualizada em 08/08/2020 12h35

O caminhão cegonha que tombou por volta das 16h de terça-feira em Mauá da Serra, no Paraná, estava transportando oito veículos zero-quilômetro da Volvo, que ficaram destruídos.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o acidente aconteceu na altura do km 300 da rodovia BR-376 e a carreta tem placas de São Paulo. O motorista, com 41 anos de idade, sofreu ferimentos leves e foi encaminhado para atendimento.

Segundo a polícia, até o começo da tarde de quarta, o caminhão permanecia na pista com quatro veículos ainda presos na plataforma. Outros quatro, que foram lançados da "cegonheira", já foram removidos do local.

Consultamos a PRF para saber se o caminhão e os automóveis já foram retirados e aguardamos retorno.

volvo - Divulgação/Polícia Rodoviária Federal - Divulgação/Polícia Rodoviária Federal
Imagem: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

A carreta era proveniente do Espírito Santo e seu destino era Florianópolis (SC), onde os automóveis seriam entregues.

A PRF informa os modelos novos destruídos, mas ainda não dispõe das respectivas versões: dois XC90, com preços de R$ 421.901 e de R$ 319.632; três XC60, dos quais o mais caro é avaliado em R$ 361.950; e três XC40, com preços unitários de até R$ 209.203.

Os valores informados são os da nota fiscal e não necessariamente os cobrados do consumidor final. A carga totaliza R$ 2,32 milhões.

Acidente carreta carros de luxo Volvo Mauá da Serra Paraná BR-376 - Divulgação/Polícia Rodoviária Federal - Divulgação/Polícia Rodoviária Federal
Volvo XC60 zerado que ficou destruído no acidente; aparentemente, é da versão topo de linha T8
Imagem: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal

Dos veículos de luxo, o XC40 é o carro utilizado pela cantora Anitta, que há pouco tempo fechou parceria com a marca sueca - anteriormente ela possuía contrato com a Renault.

A artista postou no Instagram fotos e vídeos rodando com a recém-lançada configuração híbrida, equipada com motor 1.5 turbo a gasolina e outro elétrico, totalizando 262 cv e 43,3 kgfm de torque.

Nessa configuração, tabelada em R$ 246 mil, a tração é sempre dianteira e a aceleração de zero a 100 km/h acontece em 7,3 segundos.

Pode rodar no modo 100% elétrico por aproximadamente 50 km, informa a fabricante.

Veja a avaliação de UOL Carros do novo XC40 híbrido: