PUBLICIDADE
Topo

Corolla Cross: quais serão os rivais do novo SUV da Toyota no Brasil

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

09/07/2020 15h09

Resumo da notícia

  • Produto global, Corolla Cross deve chegar ao Brasil em 2021
  • Segmento de SUVs médios é atualmente dominado pelo Jeep Compass
  • SUV do Corolla também vai encarar futuros rivais VW Tarek e Ford Territory

A Toyota revelou ontem o Corolla Cross, um inédito SUV médio que é muito interessante para os brasileiros. Tudo porque o modelo deve ser fabricado no Brasil a partir de 2021, possivelmente na fábrica de Sorocaba (SP), de onde já saem Etios e Yaris.

Quando estrear por aqui, o novato não terá vida fácil. Isso porque seu principal concorrente será nada menos do que o Jeep Compass, líder do segmento de SUVs médios e um dos utilitários esportivos mais vendidos do país. Só que ele não será o único.

Veja a seguir como deve ser o Corolla Cross nacional e o que seus futuros rivais (como VW Tarek e Ford Territory) oferecerão para bater de frente com o carro.

Toyota Corolla Cross:

Corolla Cross 4 - Divulgação/Toyota - Divulgação/Toyota
Corolla Cross deve ser feito em Sorocaba (SP) no ano que vem
Imagem: Divulgação/Toyota

Revelado na Tailândia, o Corolla Cross será um produto global e deve ser feito em Sorocaba (SP) a partir de 2021. O SUV médio tem estilo de RAV4, mas linhas mais convencionais. Por ser feito sobre a plataforma TNGA (a mesma do Corolla), o carro poderá aproveitar as motorizações do sedã, inclusive a 1.8 híbrida.

Preço: de R$ 120 mil até R$ 160 mil (estimativa)

Motorizações: 2.0 flex (até 177 cv) e 1.8 híbrido (101 cv e dois motores com 72 cv)

Câmbio: CVT simulando 10 marchas (2.0) e automática Hybrid Transaxle com planetárias (híbrido)

Dimensões: 4,46 metros de comprimento, 1,82 m de largura, 1,61 m de altura e 2,64 m de entre-eixos

Porta-malas: 487 litros

Principais itens de série (versão topo de linha): 7 airbags, central multimídia com suporte a Android Auto e Apple CarPlay, Toyota Safety Sense (com piloto automático adaptativo, alerta de colisão, frenagem autônoma de emergência, assistente de mudança de faixa e sensor de pontos cegos).

Jeep Compass

Jeep Compass - Murilo Góes/UOL - Murilo Góes/UOL
Compass terá motor 1.3 turbo e novo visual em 2021
Imagem: Murilo Góes/UOL

Líder do segmento desde 2016, o Compass foi um dos responsáveis por conduzir a Jeep ao topo do segmento de SUVs, juntamente com o Renegade. Sem mudanças expressivas até o momento, o modelo deve passar por uma leve reestilização em 2021, quando ganhará também o inédito motor 1.3 Firefly turbo, capaz de entregar até 150 cv.

Preço: de R$ 121.990 a R$ 205.990

Motorizações: 2.0 flex (166 cv / 159 cv) e 2.0 turbodiesel (170 cv)

Câmbio: automático de 6 marchas (flex) e automático de 9 marchas (diesel)

Dimensões: 4,41 metros de comprimento, 1,81 m de largura, 1,63 m de altura e 2,63 m de entre-eixos

Porta-malas: 410 litros

Principais itens de série (versão topo de linha): 7 airbags, central multimídia com suporte a Android Auto e Apple CarPlay, piloto automático adaptativo, alerta de colisão, frenagem autônoma de emergência, assistente de mudança de faixa e sensor de pontos cegos.

VW Tarek

VW Tarek - Vitor Matsubara/UOL - Vitor Matsubara/UOL
Versão argentina do Tarek terá outro nome e mudanças no design
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

O VW Tarek deveria ter sido lançado neste ano, mas acabou ficando para 2021 por conta do coronavírus. O SUV médio será fabricado na Argentina, de onde virá para o mercado brasileiro. O nome, inclusive, não deve ser Tarek, assim como o design também deve sofrer alterações em relação ao carro vendido na China.

Preço: de R$ 120 mil a R$ 160 mil (estimativa)

Motorizações: 1.4 turboflex (até 150 cv)

Câmbio: automático de seis marchas

Dimensões: 4,48 metros de comprimento, 1,84 m de largura, 1,62 m de altura e 2,68 m de entre-eixos

Porta-malas: 455 litros

Principais itens de série (versão topo de linha): 6 airbags, central multimídia VW Play com tela de 10,1 polegadas e suporte a Android Auto e Apple CarPlay, painel digital, piloto automático adaptativo e alerta de colisão.

Ford Territory

Ford Territory - Divulgação - Divulgação
Territory já está até no site da Ford, mas chega só no 2º semestre deste ano
Imagem: Divulgação

O Territory já está nos planos da Ford desde o Salão do Automóvel de 2018 e consta até no site da fabricante. Entretanto, seu lançamento deve acontecer apenas no segundo semestre deste ano - se não atrasar. Feito na China, o SUV traz um motor 1.5 turbo de 140 cv e câmbio CVT. No Brasil, vai apostar nas dimensões mais generosas (deve ser o maior do segmento) e na boa lista de itens de série para se destacar.

Preço: de R$ 120 mil a R$ 160 mil (estimativa)

Motorizações: 1.5 turboflex (até 140 cv)

Câmbio: CVT

Dimensões: 4,58 metros de comprimento, 1,93 m de largura, 1,67 m de altura e 2,71 m de entre-eixos

Porta-malas: 455 litros

Principais itens de série (versão topo de linha): 6 airbags, teto solar panorâmico, bancos aquecidos, rodas aro 18, faróis full led, câmera com visão em 360°, sensor de pontos cegos, sensor de pressão dos pneus e painel digital.