PUBLICIDADE
Topo

Táxi voador usa motores elétricos e hidrogênio visando mobilidade urbana

Carro voador CityHawk da Urban Aeronautics  - Divulgação
Carro voador CityHawk da Urban Aeronautics Imagem: Divulgação

Do UOL

Em São Paulo (SP)

07/07/2020 10h29

A empresa Urban Aeronautics desenvolveu um novo carro voador pensado para cidades. O projeto se chama CityHawk e incorpora motores elétricos para a decolagem e o pouso e ainda células de combustível de hidrogênio para a locomoção em geral.

O CityHawk tem dois tanques de hidrogênio e eletricidade gerada por dois motores elétricos que produzem juntos 952 cv de potência.

As células de combustível prometem fornecer bom desempenho e uma vida útil de aproximadamente 20 mil horas. Como outros veículos a hidrogênio, a aeronave "levaria apenas alguns minutos para reabastecer" em vez de horas para recarregar.

Já a parte motriz elétrica gera energia para os rotores, que possuem dutos especiais e "tecnologias aerodinâmicas inovadoras" que prometem aumentar o controle, a estabilidade e a velocidade, além de melhorar a segurança e reduzir o barulho.

O modelo pode ir a até 201 km/h e viajar por até 161 km antes de reabastecer. O CityHawk acomoda cinco passageiros e promete "voar para qualquer lugar e aterrissar em qualquer lugar". No caso de alguma eventualidade, o veículo conta com paraquedas para fazer o carro pousar em segurança.

Entretanto, não se anime. O CEO da companhia disse que a novidade não estará pronta até o fim da próxima década.