PUBLICIDADE
Topo

Volvo se junta a subsidiária do Google para desenvolver carro autônomo

 União entre Volvo e Waymo - Divulgação
União entre Volvo e Waymo Imagem: Divulgação

Do UOL

Em São Paulo (SP)

28/06/2020 04h00

A Volvo anunciou sua união com a Waymo, empresa de propriedade do Google, para o desenvolvimento de tecnologia autônoma. Com a parceria, a Volvo pretende trabalhar em soluções para levar autonomia nível 4 (quando, apesar de contar com um motorista, o veículo pode se guiar sozinho) para seus modelos.

Outras marcas abaixo do guarda-chuva da chinesa Geely - dona da Volvo - irão se beneficiar da parceria, como a Polestar e a Lynk & Co.

A Volvo é apenas mais uma das marcas parceiras da Waymo, que já tem relacionamento com a Fiat Chrysler Automobiles, Jaguar Land Rover e Renault Nissan Mitsubishi. De acordo com a empresa, os acordos a fazem avançar mais rápido em suas pesquisas.

A parceria se iniciará na integração de tecnologia autônoma da Waymo em "uma nova plataforma de veículo elétrico focada na mobilidade para serviços de carona". A Volvo fabricará o veículo, com a Waymo fornecendo inteligência artificial. Não há muitos detalhes sobre o projeto e nenhuma das marcas confirmou uma data de lançamento do novo veículo.

A Volvo já possui contrato paralelo par entregar veículos à Uber, que os equipa para testar sua tecnologia autônoma.

Henrik Green, diretor de tecnologia do Volvo Car Group, falou: "veículos totalmente autônomos têm o potencial de melhorar a segurança nas estradas para níveis nunca vistos antes e revolucionar a maneira como as pessoas vivem, trabalham e viajam. Nossa parceria global com a Waymo abre novas e empolgantes oportunidades de negócios para a Volvo Cars, Polestar e Lynk & Co".

O diretor automotivo da Waymo, Adam Frost, acrescentou: "essa importante parceria com o Volvo Car Group ajuda a pavimentar o caminho para a implantação do Waymo Driver no exterior nos próximos anos e representa um marco importante na altamente competitiva indústria de veículos autônomos".