PUBLICIDADE
Topo

PSA inicia produção de plataforma do novo Citroën C3 no Brasil

Plataforma CMP pode servir até a SUVs compactos - Divulgação
Plataforma CMP pode servir até a SUVs compactos
Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo (SP)

19/06/2020 08h46

Resumo da notícia

  • PSA inicia produção da plataforma CMP em Porto Real (RJ)
  • Empresa vai fazer produtos diferentes nas fábricas de Brasil e Argentina
  • Planta brasileira deve fabricar novo Citroën C3

A PSA Peugeot-Citroën iniciou a produção da plataforma CMP na fábrica de Porto Real (RJ).

A base modular será adotada em vários modelos do grupo PSA, a exemplo do que já faz a Volkswagen com a base MQB.

Na América do Sul, a plataforma será produzida no Brasil e na Argentina. A ideia da empresa é que cada país seja responsável por fabricar um produto diferente.

"Por ser uma plataforma muito moderna e altamente flexível, a CMP abre uma série de possibilidades para a nossa produção na América Latina. A sua variante introduzida recentemente em nossa fábrica de Palomar, na Argentina, dará origem, em breve, à produção do novo Peugeot 208. Já da variante da plataforma implantada em Porto Real, serão lançados outros produtos inéditos", afirmou Patrice Lucas, Presidente Brasil e América Latina e membro do Comitê Executivo do Groupe PSA.

Assim, conforme antecipado pelo colunista de UOL Carros Fernando Calmon, a fábrica de Porto Real deve produzir a nova geração do Citroën C3. A planta, aliás, recebeu um investimento avaliado em R$ 220 milhões para poder fabricar a nova plataforma.

Além de compactos, a base CMP pode ser utilizada para projetos de veículos do segmento "C" (médios) e SUVs compactos, o que expande consideravelmente o leque de possibilidades do grupo PSA no futuro.

"Os produtos fabricados em Porto Real e em Palomar tendo como base a CMP serão complementares e distintos, sendo que cada unidade continuará tendo sua importância na produção para os mercados locais e para exportação", concluiu Lucas.