PUBLICIDADE
Topo

'Ovo de páscoa sem alma': astro de 'Louco por Carros' detona modelos atuais

Danny Koker é dono de uma coleção de 100 carros e 20 motocicletas - Divulgação
Danny Koker é dono de uma coleção de 100 carros e 20 motocicletas
Imagem: Divulgação

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

12/06/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Danny Koker estrela 'Louco por Carros', série de sucesso do History Channel
  • Customizador prefere carros antigos e diz que modelos atuais 'não tem alma'
  • Nova temporada da série estreia no Brasil em setembro

Danny Koker é realmente louco por carros. Nascido em Detroit, ele passou parte de sua infância na cidade que é considerada o berço da indústria automotiva norte-americana.

Gostar de automóveis e motocicletas, portanto, se tornou natural para o customizador que estrela uma das séries de maior sucesso do History Channel no mundo.

"Uma parte da minha família trabalhou na Ford. Um tio meu, que chegou até a ser executivo lá, tinha vários hot rods e motocicletas. E meu pai também gostava de carros. Então todas essas coisas tiveram uma influência enorme na minha vida", afirmou, em entrevista por telefone a UOL Carros.

Conhecido como "O Conde", ele é um mecânico autodidata e fez seu primeiro trabalho antes dos 18 anos.

"Meu primeiro carro foi um Camaro Z28 1979 que ganhei quando tinha 15 anos. Foi também o primeiro carro que personalizei, aos 17 anos. E o mais legal é que eu ainda tenho esse carro"

Danny Koker 1 - Divulgação - Divulgação
Danny começou a aparecer na TV fazendo participações em 'Trato Feito'
Imagem: Divulgação

Em 1998, Danny abriu a Count's Kustoms e foi alçado ao estrelato em 2012, quando começou a aparecer em "Louco por Carros".

Até então, o restaurador acumulava participações esporádicas em "Trato Feito", série na qual avaliava carros clássicos e personalizados que apareciam na loja de penhores de Rick Harrison em Las Vegas.

"Me sinto abençoado pelo fato de o programa fazer tanto sucesso. Acho que isso acontece porque somos muito transparentes e autênticos. Todos os clientes que aparecem lá são reais, até porque acredito que o público reconhece o que é verdade e o que não é. Além disso, nosso programa mostra a história das pessoas por trás daqueles carros, e isso faz diferença".

Sem limites (ou quase)

Danny Koker 2 - Divulgação - Divulgação
Danny posa ao lado da equipe da 'Count's Kustoms'
Imagem: Divulgação

Desde a abertura de sua oficina, Danny estima ter feito mais de 500 carros e de 200 a 300 motocicletas. Apesar de atender qualquer pessoa, o "Conde" tem uma respeitada lista de clientes VIP. Entre eles estão roqueiros da estirpe de Alice Cooper, Rob Zombie, Motley Crue e Dee Snider, líder da banda "Twisted Sisters".

"Acredito que a graça de personalizar um carro ou uma moto está justamente no fato de não haver regras. Você pode fazer o que te deixa feliz e pronto. É claro que existem coisas que eu gosto e não gosto, mas não vejo nada como proibido. Se o cliente pedir algo que acho que não ficará legal, eu sou sincero e digo que talvez eu não seja a pessoa certa para fazer isso. E tento falar isso da melhor maneira possível para não deixar ninguém chateado", diz.

Danny Koker 4 - Divulgação - Divulgação
'Louco por Carros' está no ar há oito anos
Imagem: Divulgação

Koker não esconde a paixão por veículos personalizados, mas admite que certos modelos precisam ser mantidos imaculados. Ele cita o Chevrolet Corvette 1963 como um bom exemplo.

Apesar de ser muito feliz com o que faz, o mecânico admite que nem tudo são flores. Porém, Danny diz que o carinho dos fãs faz tudo valer a pena - e acredita que seu trabalho pode servir de motivação para as novas gerações.

"É claro que a gente tem dias bons e ruins, como em qualquer profissão. Uma das coisas que me deixam mais feliz é conversar com pessoas que assistem (o programa) com a família toda. Isso faz tudo valer a pena, é incrível. No caso dos clientes, devolver os carros e motos totalmente customizados e ver a reação das pessoas é demais. Isso não tem preço".

Ovos de Páscoa

Danny Koker 5 - Divulgação - Divulgação
Koker afirma que carros de hoje 'são todos iguais'
Imagem: Divulgação

Danny esbanjou simpatia e bom-humor durante o longo bate-papo com a imprensa latino americana..

Perguntado sobre o que acha dos carros mais modernos, o restaurador foi contundente.

"Para mim, os carros novos são como ovos de páscoa: fora a cor, são quase todos iguais. Mas há alguns bons exemplos. Gosto muito do que a Dodge fez com o Challenger e do novo Camaro. O Mustang também é bem interessante. E eu gosto muito do Mercedes-AMG GT, um cupê de dois lugares? Meu Deus, que carro fantástico! Tem também o novo Toyota Supra, que acho incrível... E o novo Corvette? Finalmente fizeram um Corvette com motor central! Enfim, gosto de alguns carros novos, mas eles não são como nos anos 70, quando cada fabricante fazia algo único e exclusivo. Hoje acho que a maioria deles são meios de transporte e alguns deles, como os que mencionei, se destacam".

Lamborghini Countach - Divulgação/Lamborghini/Ed. Alaúde - Divulgação/Lamborghini/Ed. Alaúde
Para Danny, clássicos da Lamborghini tinham mais personalidade
Imagem: Divulgação/Lamborghini/Ed. Alaúde

Koker exemplifica seu ponto de vista comparando alguns clássicos da Lamborghini com os modelos atuais.

"Eu tenho algumas Lamborghini na minha coleção e eles eram muito à frente do tempo em suas épocas. São incríveis de olhar e de dirigir. Mas hoje... Fiz umas coisas em Lamborghinis novas e elas não têm alma. Os carros ficaram tão refinados e tecnológicos que acho que muito dessa alma dos carros antigos está se perdendo nos projetos novos. É isso que falta".

Assim, não é difícil imaginar o que Danny achou do Mustang Mach-E, o SUV elétrico da Ford que pega carona em um dos maiores ícones da indústria automotiva mundial.

Ford Mustang Mach-E - Divulgação - Divulgação
'Era melhor terem colocado outro nome', diz Danny sobre o Mustang Mach-E
Imagem: Divulgação

"Eu respeito os carros elétricos e respeito a Tesla, que faz um bom trabalho e lidera esse setor. Mas um Mustang elétrico não desce para mim? Era melhor terem colocado outro nome, sabe? Pra mim um Mustang precisa ter aquele motor tremendo e toda aquela adrenalina envolvida. Não quero um Mustang elétrico", afirma.

O empresário, que administra negócios como um restaurante e um estúdio de tatuagem, abria sua oficina diariamente antes da pandemia. Lá, todo visitante tem a oportunidade de ver pelo menos um pouco de sua enorme coleção de carros e motos.

"Hoje eu tenho aproximadamente 100 carros e 20 motocicletas na minha coleção. Dirijo todos os meus carros e cada um deles tem suas peculiaridades. E acho que são tantos que as vezes parece até que eu estou em um carro novo, de tanto tempo que não andava nele".

Danny Koker 3 - Divulgação - Divulgação
Restaurador diz que Cadillac e Lincoln estão entre suas marcas favoritas
Imagem: Divulgação

Com uma frota tão numerosa, é de se imaginar que ele tenha "problemas" para apontar seu carro favorito.

"Nossa! É tão difícil escolher um favorito porque gosto de todos (risos). Tenho hot rods dos anos 30 até superesportivos modernos. Mas posso te dizer que tenho um lugar especial no meu coração para os modelos gigantes da Cadillac e da Lincoln. Deve ser minha alma de Detroit que me faz gostar deles tanto assim", brinca.

Mesmo assim, Danny tem um carinho especial por um Ford Mustang GT350 1966 branco com faixas azuis. E o motivo é nobre.

"Meu pai comprou esse carro quando eu tinha nove anos e ficou com ele durante a vida inteira e eu o restaurei há uns 15 anos. Foi esse carro que começou tudo para mim e é por isso que ele fica exposto na oficina para que eu me lembre do meu pai e de onde eu vim".