PUBLICIDADE
Topo

Mitsubishi encerra temporariamente operações de fábricas no Japão

Sede da Mitsubishi no Japão - Kazuhiro Nogi/AFP
Sede da Mitsubishi no Japão Imagem: Kazuhiro Nogi/AFP

Do UOL, em São Paulo

08/04/2020 11h40

Considerando o declínio do mercado global por causa da pandemia do novo coronavírus, a Mitsubishi Motors Corporation suspenderá temporariamente a produção em algumas fábricas no Japão. Entre os locais afetados estão a fábrica de Mizushima (Okayama), de Okazaki (Aichi) e a Pajero Manufacturing Co., Ltd. (Gifu).

Em comunicado oficial, a montadora informou que as paralisações devem durar até, pelo menos, o dia 30 de abril.

De acordo com o The Japan Times, a Mitsubishi demitirá cerca de 6.500 trabalhadores por conta do fechamento das três fábricas. Os demitidos serão parcialmente compensados enquanto as fábricas permanecerem fechadas.

Ontem, o primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, declarou estado de emergência para combater as novas infecções por coronavírus em grandes centros populacionais e apresentou um pacote de estímulo.

Já a governadora de Tóquio, Yuriko Koike, pediu aos moradores que se isolem até o dia 6 de maio por temer o pico de casos do novo coronavírus. A capital japonesa tem cerca de 13 milhões de habitantes.