PUBLICIDADE
Topo

Fiat convoca recall de Mobi e Grand Siena envolvendo mais de 200 mil carros

Fiat Mobi Way - Divulgação
Fiat Mobi Way Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

26/02/2020 12h46

A Fiat Chrysler anunciou o recall de veículos dos modelos Mobi e Grand Siena. Com falhas no interruptor das luzes de freio, as versões do Mobi que entraram para a lista estão entre 2016 e 2020. Já no Grand Siena, nas versões Attractive 1.0 e 1.4, dos anos 2019 e 2020, o problema está no módulo do airbag do lado do motorista.

Os proprietários do Mobi estão autorizados a agendar o comparecimento em uma das concessionárias Fiat para a troca da peça desde a última segunda-feira (24).

De acordo com a montadora, o circuito elétrico do interruptor de freio está abaixo do especificado para a corrente elétrica existente no veículo, provocando uma sobrecarga. Essa falha pode comprometer o acendimento das luzes de freio e causar acidentes.

Já para o Grand Siena, os proprietários poderão comparecer em uma das concessionárias da montadora a partir do dia 20 de março.

O anúncio da Fiat avisa que, em caso de colisão que resulte no acionamento do airbag, existe a possibilidade de desprendimento da cobertura do airbag, podendo causar danos físicos graves ou até mesmo fatais aos ocupantes do veículo e ou terceiros. Para isso, serão trocados o módulo do airbag do lado do motorista e o volante dos veículos convocados.

Estão envolvidas nas duas campanhas 192.534 unidades do Fiat Mobi, com os números de chassi não sequenciais entre 410004 e 662855, e 11.705 unidades do Fiat Grand Siena, com os números de chassi não sequenciais entre 369004 e 381096. Ao todo, são 204.239 veículos envolvidos no recall.