PUBLICIDADE
Topo

Carros


Carros

Como bola de golfe inteligente explica o carro que você terá no futuro

Daniel Neves

Do UOL, em Las Vegas (EUA)*

08/01/2020 04h00

Imagine uma bola de golfe inteligente, que se movimenta sozinha e sempre acerta o buraco independentemente da tacada. Este conceito, que parece saído dos filmes de ficção científica, foi uma das atrações da Nissan para a CES (Consumer Electronics Show) e ajuda a exemplificar o futuro que as montadoras apontam para o mercado automotivo.

A bola de golfe foi inspirada no sistema ProPilot 2.0 de condução autônoma, apresentado pela Nissan em 2019 e que equipa a nova geração do sedã Skyline. Ele conta com a funcionalidade de direção sem as mãos, com condução 100% autônoma em rodovias, mudanças de faixa, ultrapassagens e até eventuais paradas programadas. É só definir o local e acionar o sistema, que conduz o veículo até o destino - como a bola de golfe.

Para que a condução autônoma possa ocorrer, o sistema conta com tecnologia que inclui câmeras, radares, dados de mapas 3D e até sonares. Tudo para trazer informações em tempo real sobre o que está ocorrendo na rodovia.

Nissan/ Reprodução
Imagem: Nissan/ Reprodução

A busca por soluções autônomas foi a tônica de boa parte das exibições das montadoras no CES. A Ford apresentou parceria com a empresa Argo AI para construção de sistema de direção autônoma que "converse" com cidades conectadas.

A Toyota exibiu na feira o LQ, veículo autônomo e elétrico que será usado na Olimpíada de Tóquio-2020. O carro, que já havia sido apresentado no Salão de Tóquio em outubro, "aprende" com o motorista através de inteligência artificial que vai entendendo os gostos do proprietário.

Já a Hyundai trouxe como novidade seu conceito de "carro voador" autônomo em parceria com a Uber. A aeronave será conectada através de um hub com um veículo autônomo.

Até mesmo quem não produz automóveis aproveitou a CES para apresentar seu modelo de veículo autônomo. A Sony exibiu o conceito elétrico Vision-S, que conta com 33 sensores dentro e fora do veículo, áudio 360, monitores widescreen e conectividade ativa.

Poucos detalhes técnicos do veículo foram revelados, mas a empresa afirmou que o protótipo é "sua contribuição para o futuro da mobilidade".

Carros