PUBLICIDADE
Topo

Seu Automóvel


Seu Automóvel

Compartilhamento é alternativa para realizar sonho de ter um esportivo

Gerson Campos, do canal "Acelerados", trocou BMW adquirida de forma convencional por um Porsche 718 Boxster compartilhado - Reprodução
Gerson Campos, do canal "Acelerados", trocou BMW adquirida de forma convencional por um Porsche 718 Boxster compartilhado Imagem: Reprodução

21/12/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Compra compartilhada é forma de reduzir custos de aquisição e propriedade
  • Veículo é registrado no nome de todos os proprietários
  • Tempo de uso é dividido igualmente, bem como os gastos
  • Empresas especializadas fazem inclusive a gestão do compartilhamento

A compra compartilhada de bens como aeronaves e embarcações é uma modalidade já estabelecida no Brasil. A estratégia também vale para carros de luxo, especialmente modelos esportivos.

A venda de automóveis dividida por cotas traz vantagens evidentes, como a divisão de todos os gastos, incluindo pagamento de taxas e impostos, manutenção e seguro. A contrapartida é dividir o uso do veículo, que fica registrado no nome de todos os proprietários.

Se forem três donos, por exemplo, cada um tem de arcar com um terço das despesas e pode ficar um terço do tempo com o automóvel. Em geral, cada proprietário tem direito a ficar uma semana com o carro, em esquema de revezamento.

Existem companhias que fazem inclusive a gestão desse compartilhamento, cuidando das manutenções, da limpeza e até da revenda do veículo, quando os cotistas decidirem passá-lo adiante.

Ferrari California 2009 pode ser compartilhada em três cotas, cada uma por R$ 290 mil - Divulgação
Ferrari California 2009 pode ser compartilhada em três cotas, cada uma por R$ 290 mil
Imagem: Divulgação

Aí tem outro benefício: a desvalorização do bem, que é elevada quando se trata de modelos mais caros, também é dividida entre os donos.

Uma Ferrari California 2011, por exemplo, pode ser adquirida, em sistema com três cotistas, por cerca de R$ 290 mil para cada dono.

Mercedes-Benz SLK 250 2013 com três "sócios" pode sair por menos de R$ 50 mil para cada um - Divulgação
Mercedes-Benz SLK 250 2013 com três "sócios" pode sair por menos de R$ 50 mil para cada um
Imagem: Divulgação

Um Porsche 911 Carrera S 2013, por sua vez, pode ser adquirido em três cotas de aproximadamente R$ 140 mil cada. Se o interessado quiser ou tiver de gastar menos, dá para levar um Mercedes-Benz SLK 250 2012 por pouco mais de R$ 40 mil para cada proprietário.

Porsche em sociedade

Gerson Campos, apresentador do canal "Acelerados", é um dos adeptos da modalidade. No mês passado, ele postou um vídeo no perfil da publicação no Youtube falando da sua aquisição compartilhada: um Porsche 718 Boxster 2017, que ele divide com outros dois donos e pelo qual o trio desembolsou R$ 330 mil - coube a cada um pagar um terço do total.

Campos virou "sócio" do Boxster ao vender seu BMW M135i 2013, que adquiriu de forma convencional e com o qual ficou por cerca de três anos. Ele diz ter ficado satisfeito com a troca, considerando que passa boa parte do tempo dirigindo carros de teste cedidos por montadoras para fazer as avaliações do "Acelerados".

"Para mim encaixou bem ter esse carro como hobby, com menos despesas e podendo ter um brinquedo mais divertido", diz no vídeo. "Sim, você tem de ser um pouquinho desapegado para ver o seu carro na mão de outra pessoa. Porém, lembre-se que se paga um terço de IPVA, seguro e revisões, sem contar o custo de aquisição", complementa.

Segundo o apresentador, o compartilhamento não é feito para dar briga e utiliza um sistema semelhante ao adotado por locadoras, com o preenchimento de um checklist de todos os itens importantes a cada vez em que o veículo é retirado. Tudo isso para verificar se houve algum dano durante o uso anterior.

Checklist

Se algo não estiver como deveria, isso é anotado em uma planilha, o reparo é realizado e depois o responsável pelo dano paga a conta, explica. O mesmo é feito no momento da devolução. "Tudo o que for feito no carro, inclusive preparação, é previamente acordado entre os proprietários", acrescenta.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Seu Automóvel