PUBLICIDADE
Topo

Novo Peugeot 208 ganha site oficial no Brasil; lançamento será em 2020

Novo 208 será produzido na fábrica argentina de El Palomar - Divulgação
Novo 208 será produzido na fábrica argentina de El Palomar
Imagem: Divulgação

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

17/12/2019 22h52

Resumo da notícia

  • Compacto será feito na Argentina e chega ao Brasil em 2020
  • Segunda geração do 208 abre nova fase do plano "Virada Brasil"
  • Marca vai ter um lançamento por ano até 2023

A segunda geração do Peugeot 208 já foi confirmada para produção na Argentina a partir de 2020, quando também começa a ser vendido por aqui. Entretanto, a marca não anunciou sua data de chegada no mercado brasileiro.

Mesmo com tanto mistério, parece que o compacto não vai demorar tanto tempo assim para estrear. Isso porque a própria Peugeot colocou no ar uma página para cadastrar interessados no hatch. A dica foi dada pelo colega Fernando Pedroso, editor de "Agora São Paulo".

Ainda não há nenhum tipo de informação sobre o carro, apenas um formulário no qual o usuário preenche alguns dados para receber atualizações por e-mail.

Hora da reação?

O novo 208 será o primeiro produto de uma nova etapa do plano estratégico chamado "Virada Brasil". Ana Theresa Borsari, country manager da Peugeot no Brasil, afirma que o carro "representará uma ruptura no segmento hatch no mercado nacional".

Estilo arrojado é um dos destaques do novo 208 - Divulgação
Estilo arrojado é um dos destaques do novo 208
Imagem: Divulgação

A montadora diz que sua gama de produtos será "a mais moderna do país". Durante visita ao Brasil, o CEO mundial da Peugeot, Jean-Philippe Imparato, revelou que a marca terá um lançamento no mercado brasileiro por ano até 2023.

Alguns deles já são conhecidos: além do próprio 208 no ano que vem, a nova geração do SUV 2008 estreia por aqui em 2022.

A aguardada picape

Antes disso, a inédita picape média deve ser a novidade programada para 2021. Baseada na chinesa Changan Kaicene F70, ela será uma "picape de verdade", ou seja, com construção de carroceria sobre chassi de longarinas e motor diesel. Imparato revelou que uma futura rival foi justamente a fonte de inspiração para o projeto.

"Nossa referência no desenvolvimento do projeto foi a Toyota Hilux. Precisamos lançar um produto que tenha o mesmo nível de confiabilidade. Sabíamos que um dia a gente lançasse um produto nesta categoria ele precisaria ser imparável e fácil de reparar", afirmou.

Picape Kaicene, da Changan, servirá de base para Peugeot - Divulgação
Picape Kaicene, da Changan, servirá de base para Peugeot
Imagem: Divulgação

O visual da picape (cujo nome ainda não foi divulgado) será revelado por meio de imagens oficiais em março de 2020.

Imparato revelou que a picape será vendida em alguns mercados, e que caberá à América do Sul a honra de conhecer o projeto antes do resto do mundo.

"Além do continente latino-americano, estamos muito esperançosos que este projeto faça sucesso na África, onde temos um bom histórico. Não vamos vendê-la na Europa. Este projeto tem como principais mercados América do Sul, África e Ásia".

Projeto do utilitário usou Toyota Hilux como referência, segundo CEO da Peugeot - Divulgação
Projeto do utilitário usou Toyota Hilux como referência, segundo CEO da Peugeot
Imagem: Divulgação

A última novidade, prevista para chegar em 2023, ainda é uma incógnita. Há quem aposte em mais um SUV, embora mais provável seja que a Peugeot aposte em um modelo elétrico.