Topo

Cultura do carro


Encontro de carros tem Nissan GT-R de 2000 cv e Gol turbo que foi aos EUA

GT-R é recordista de velocidade em prova de quarto de milha, atingindo 392 km/h - Vitor Matsubara/UOL
GT-R é recordista de velocidade em prova de quarto de milha, atingindo 392 km/h
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

Vitor Matsubara

Do UOL, em Araçariguama (SP)

01/12/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Evento reuniu grande público e diversos veículos originais e preparados
  • Nissan GT-R de 2.000 cv tem até peças de fibra de carbono
  • Famoso após ser levado para os EUA, Gol GLR voltou para o Brasil

Um evento realizado no interior de São Paulo recebeu carros de todos os tipos com algo em comum: muita potência.

O Power Fest aconteceu no Box 54 (complexo voltado para fãs de carros que abriga até um museu) e reuniu desde versões preparadas de modelos conhecidos até projetos complexos de superesportivos feitos para provas de arrancada.

Monstros da velocidade

É o caso de um Nissan GT-R com preparação para entregar 2.000 cv, quase quatro vezes mais potência do que os 572 cv originais.

Preparado pela G&R Racing, o motor 3.8 V6 biturbo teve sua cilindrada aumentada para 4,1 litros e diversas mudanças foram realizadas no cupê. Tudo isso fez o carro ser o recordista de velocidade na prova de quarto de milha, atingindo 392 km/h.

Mais de 2.000 cv e recorde nacional de milha: eis o GT-R da G&R - Vitor Matsubara/UOL
Mais de 2.000 cv e recorde nacional de milha: eis o GT-R da G&R
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

Da oficina paulista também saiu o Chevrolet Corvette ZR-1. Originalmente um exemplar feito para as ruas, ele foi extensamente modificado até virar um carro para track days - eventos nos quais qualquer pessoa pode pilotar seu carro em autódromos.

Corvette ZR1 tem aproximadamente 800 cv e câmbio sequencial - Vitor Matsubara/UOL
Corvette ZR1 tem aproximadamente 800 cv e câmbio sequencial
Imagem: Vitor Matsubara/UOL

O superesportivo americano tem câmbio sequencial e usa rodas de competição calçadas com pneus slick do Corvette C6R. A cavalaria é estimada em 800 cv.

O Gol celebridade

Grande parte do público que visitou o Power Fest tinha olhos para um projeto bem mais familiar a nós. Famoso após ser levado do Brasil para os EUA, o Volkswagen Gol GLR foi a estrela do evento.

Gol GLR ganhou fama após ser levado para os EUA - Divulgação/Macchina
Gol GLR ganhou fama após ser levado para os EUA
Imagem: Divulgação/Macchina

Feito sobre um Gol GL 1991 de única dona, o projeto é a realização do sonho de infância de Tiago Kfouri.

O carro já apareceu em vários eventos e ganhou projeção principalmente quando foi levado para os EUA, país onde seu proprietário reside atualmente. Tiago e o Gol já apareceram até na televisão após expor seu carro no SEMA Show, o maior evento de personalização e preparação de carros do planeta.

Imigrante legal

O motor original 1.8 passou por uma preparação de primeira linha que resultou em 256 cv e torque máximo de 38,2 kgfm do motor AP-800 com 1.1 bar de pressão na turbina.

GLR foi exposto no SEMA Show, maior evento de personalização do mundo - Tiago Kfouri/Acervo pessoal
GLR foi exposto no SEMA Show, maior evento de personalização do mundo
Imagem: Tiago Kfouri/Acervo pessoal

O Gol recebeu outros itens como freios maiores com dutos de refrigeração, rodas de 15 polegadas e um par de bancos concha fixos do Maserati Trofeo com cintos de quatro pontos (o banco traseiro foi retirado).

A segunda fase do projeto aumentou a cilindrada para 1,9 litro. Além disso, o carro foi convertido de etanol para gasolina por conta da maior facilidade de encontrar o combustível fóssil nos EUA.

Agora com injeção eletrônica, o GLR está com 341 cv e torque máximo de 49,2 kgfm. Continua chamando atenção por onde passa e já foi premiado no maior evento de entusiastas da VW nos Estados Unidos.

GLR ganhou um irmão gêmeo: GLT vai ficar no Brasil - Divulgação/Macchina
GLR ganhou um irmão gêmeo: GLT vai ficar no Brasil
Imagem: Divulgação/Macchina

Enquanto isso, o GLR está fazendo escola em sua terra natal. Durante o Power Fest, o carro "ganhou" um irmão gêmeo que ficará no Brasil. O Gol GLT (o "T" faz alusão a palavra "track", ou "pista", em português) é um projeto para track days e conta com o conhecido AP 2.0, com potência na casa dos 249 cv. Pelo visto a saga do Gol ganhará novos capítulos em breve.

Cultura do carro