Topo

Carros


Carros

GM abre demissões para funcionários com limitação laboral em duas fábricas

PDV (plano de demissões voluntárias vai até 26 de novembro nas unidades de São Caetano do Sul (foto) e São José dos Campos - Leonardo Benassatto/Reuters
PDV (plano de demissões voluntárias vai até 26 de novembro nas unidades de São Caetano do Sul (foto) e São José dos Campos
Imagem: Leonardo Benassatto/Reuters

Alessandro Reis

Do UOL, em São Paulo (SP)

14/11/2019 13h08

A General Motors abriu hoje um PDV (plano de demissão voluntária) para funcionários das fábricas de São Caetano do Sul, no ABC, e São José dos Campos, no interior paulista.

De acordo com nota enviada pela montadora para UOL Carros, o plano vale apenas para "empregados com limitação laboral reconhecidos pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e cobertos por cláusula de estabilidade.

A GM diz, ainda, que o PDV respeita os "acordos sindicais vigentes" e a lei trabalhista. O prazo para adesão dos funcionários vai até o dia 26 de novembro.

A fabricante não deu detalhes sobre os benefícios concedidos àqueles que aderirem nem do número de trabalhadores elegíveis ao desligamento voluntário. A reportagem entrou em contato com os sindicatos dos Metalúrgicos de São José dos Campos e de São Caetano do Sul, porém até o momento não obteve retorno.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

Carros