Topo

Carros


Carros

Cama, geladeira e diversão: dormi em um caminhão melhor que na minha casa

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

20/10/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Repórter de UOL Carros conta como é passar a noite no Mercedes-Benz Actros
  • Caminhão custa R$ 680 mil e tem cama, geladeira e som de automóvel de luxo
  • Reportagem foi realizada no estande da Mercedes na Fenatran 2019
  • Veículo traz câmeras no lugar dos retrovisores e sensor de fadiga

Cama de solteiro, climatizador, cortinas do tipo Blackout, sistema de som de alta qualidade, luzes ambiente com regulagem de intensidade e até geladeira. Era tudo que eu desejava em um quarto de hotel depois de um dia cansativo de trabalho. E foi o que encontrei? dentro de um caminhão.

Passar a noite dentro do Actros 2553 era a ideia do pessoal da Mercedes-Benz. A diferença é que isso aconteceria dentro da Fenatran, a segunda maior feira de transporte rodoviário do mundo e que aconteceu entre os dias 14 e 18 de outubro em São Paulo (SP).

Se você acompanha UOL Carros sabe que este não seria meu primeiro pernoite em um evento. No ano passado eu e o cinegrafista Marcelo Ferraz dormimos dentro de um motorhome construído sobre uma Mitsubishi L200 Triton no Salão do Automóvel.

Desta vez seria diferente: além de estar sozinho, eu não teria uma infraestrutura tão grande na minha acomodação, já que o motorhome tinha cozinha e banheiro à disposição. Bem-vindo ao mundo dos caminhoneiros.

Classe executiva

Caminhão traz tecnologias como alerta sonoro de permanência em faixa e piloto automático - Divulgação
Caminhão traz tecnologias como alerta sonoro de permanência em faixa e piloto automático
Imagem: Divulgação

Mesmo sem nenhuma experiência neste universo, tenho certeza que o Actros faz as coisas serem (bem) menos sofridas.

O caminhão não fica devendo nada para os carrões de luxo da Mercedes, já que traz diversas assistências de segurança. Há controle de estabilidade, alerta sonoro de permanência em faixa, piloto automático, assistente de pontos cegos, sensor de fadiga e frenagem autônoma de emergência - este último, inclusive, é exclusividade do Actros no país.

Como eu não poderia dirigi-lo desta vez, foquei as atenções no conforto dentro da cabine. E isso não faltava: além de todos os itens mencionados lá no começo da reportagem, eu ainda tinha uma quantidade generosa de porta-objetos de vários tipos e tamanhos. Deixei meu tênis em um dos degraus de acesso, que ficam protegidos pelo painel da porta do caminhão.

Dentro dele a impressão é de estar em uma suíte. As luzes podem ser reguladas por intensidade e cores para criar um ambiente mais relaxante. Atrás dos bancos fica a cama de solteiro, que pode ser recolhida em segundos para dar acesso a dois generosos compartimentos. Lá estava toda a minha roupa de cama e também algumas bebidas dentro da geladeira, que fica no meio dos porta-objetos.

Hora de dormir

Actros traz câmeras no lugar dos retrovisores; telas nas extremidades da cabine exibem imagem da lateral - Divulgação
Actros traz câmeras no lugar dos retrovisores; telas nas extremidades da cabine exibem imagem da lateral
Imagem: Divulgação

O relógio passava da meia-noite quando comecei a me preparar para dormir. Fiz a cama e ativei o sistema de climatização, que pode ficar ligado a noite toda se o caminhoneiro quiser.

Liguei o sistema de entretenimento (que é praticamente o mesmo dos automóveis da Mercedes) e pareei meu celular para abrir o Android Auto - sim, em um caminhão. E foi assim que dormi ao som de Freddie Mercury, não sem antes fechar todas as cortinas da cabine.

Espaçosa, cabine tem cama, geladeira e dá para descansar com a climatização ligada a noite toda - Divulgação
Espaçosa, cabine tem cama, geladeira e dá para descansar com a climatização ligada a noite toda
Imagem: Divulgação

Foi no meio da noite que testei uma das grandes novidades do novo Actros. Ele é o primeiro caminhão fabricado no Brasil a trazer câmeras no lugar de espelhos retrovisores. As imagens externas do sistema chamado Mirror Cam são exibidas em duas telas verticais que mais parecem tablets.

Graças a elas consegui ver o que acontecia em torno da "minha suíte" apenas apertando um botão, que liga as câmeras e mostra imagens externas por dois minutos. Praticamente um circuito de segurança.

O dia seguinte

Acordei bastante descansado e sem dores pelo corpo, apesar das poucas horas de sono. Foi só arrumar a cama e sair do Actros rumo para o trabalho com uma certeza: um caminhão pode não ter o conforto de sua cama. Mas às vezes passar a noite em um caminhão é melhor até do que dormir no meu quarto. Para mim foi.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Carros