Topo

Segredos automotivos


Novo Ford EcoSport será "meio chinês" e chega às ruas em 2021, diz site

EcoSport atual estreou em 2012; sucessor seria feito juntamente com chineses - Murilo Góes/UOL
EcoSport atual estreou em 2012; sucessor seria feito juntamente com chineses
Imagem: Murilo Góes/UOL

Vitor Matsubara

Do UOL, em São Paulo (SP)

18/08/2019 07h00

Resumo da notícia

  • Site argentino diz que projeto será feito em conjunto com Changan
  • SUV seria lançado no primeiro trimestre de 2021
  • Sucessor do Eco seria maior e enfim eliminaria o estepe externo

A terceira geração do Ford EcoSport será lançada no primeiro trimestre de 2021.

É o que afirma o site "Argentina Autoblog", informando que o modelo está sendo desenvolvido em parceria com a chinesa Changan - que já esteve no mercado brasileiro com a marca de veículos comerciais Chana.

Esta não seria a primeira vez que a Ford une forças aos chineses para desenvolver um projeto. O Territory, modelo recém-confirmado para estrear no Brasil em 2020, é resultado de um desenvolvimento conjunto com a JMC.

Ainda de acordo com o site, o SUV será fabricado na China, Índia e Brasil. No nosso país, a produção do Eco será mantida em Camaçari (BA), a como nas duas gerações do carro.

Até agora, o "Argentina Autoblog" afirma que pouco se sabe sobre o novo EcoSport, cujo projeto seria conhecido pelos corredores da Ford pelo codinome BX563.

Entre as poucas informações sabe-se que o projeto terá mais espaço interno e maior porta-malas do que o modelo atual, além de, enfim, eliminar o suporte externo de estepe. A plataforma deve ser aproveitada do SUV atual, mas maior e com melhorias como maior uso de aços de alta resistência.

O site afirma também que as novas normas de emissões de poluentes devem sacramentar o fim do motor 2.0 16V de 170 cv no mercado sul-americano. Em vez dele, a Ford ofereceria uma versão turbinada do atual 1.5 de três cilindros da família Dragon, que entrega 137/130 cv e torque máximo de 16,2/15,6 kgfm.

Segredos automotivos