Topo

Roda presa


Fotos sensuais em campanha de estilista provocam a ira da Ferrari

Philipp Plein com Ferrari, Rolls-Royce e Lamborghini - Reprodução
Philipp Plein com Ferrari, Rolls-Royce e Lamborghini Imagem: Reprodução

Do UOL

Em São Paulo (SP)

31/07/2019 12h23

O designer de moda alemão Philipp Plein recebeu uma carta pouco amistosa da Ferrari após publicar fotos de cunho sexual e promocional com sua Ferrari 812 Superfast, ao lado de um Rolls-Royce Phantom e uma Lamborghini Urus.

As posts publicados nos últimos meses motivaram uma "carta de amor", segundo Plein, pedindo para que fossem deletados em 48 horas antes que providencias legais fossem tomadas.

Entre outras coisas, a Ferrari cita "apropriação ilegal da boa vontade" por parte do alemão e que suas fotos causaram "danos materiais" à montadora.

"As marcas registradas e carros da Ferrari estão associados em suas fotos a um estilo de vida totalmente inconsistente com a percepção da marca da Ferrari, em conexão com artistas fazendo insinuações sexuais e usando os carros da Ferrari como adereços em uma questão que é em si desagradável", disse a Ferrari.

Entretanto, Plein disse em suas redes sociais que não irá recuar. Mesmo falando que ama a Ferrari, ele classificou a carta como "chantagem", já que as fotos em seu Instagram mostram seu carro.

"Não posso nem dizer em palavras o quanto estou desapontado e enojado com essa reivindicação injusta e totalmente inapropriada contra mim pessoalmente", falou em um post.

STAY CLEAN @alecmonopoly @alexadellanos @luciabartolix

Uma publicação compartilhada por Philipp Plein (@philippplein) em

A Ferrari ainda não se posicionou sobre uma ação judicial contra o designer.

Quer ler mais sobre o mundo automotivo e conversar com a gente a respeito? Participe do nosso grupo no Facebook! Um lugar para discussão, informação e troca de experiências entre os amantes de carros. Você também pode acompanhar a nossa cobertura no Instagram de UOL Carros.